Saiba como identificar uma criança hiperativa e como lidar com essa situação

Muitos pais reclamam quando os seus filhos não param quietos por nenhum instante, e por isso sempre procuram formas de entretê-lo, seja até mesmo por meio de um vídeo no Youtube.

No entanto, é preciso que os pais acompanhem o desenvolvimento do seu filho, e observe a suas atitudes, pois essa inquietação pode ser algo sério que precisa ser tratado, como o TDAH, que é a hiperatividade.

Então, se o seu filho está sempre agitado, de forma a mexer a mão, ou se balançar na cadeira o tempo inteiro, confira o nosso post, e descubra como saber se ele possui TDAH.

Como saber se seu filho é hiperativo?

Há diversas formas de como descobrir se o seu filho possui hiperatividade, e a principal delas é observar se ele possui os mesmos sintomas de uma criança hiperativa.

Dentre os principais sintomas estão:

  • Não conseguir ficar em uma mesma posição por muito tempo, por exemplo, quando está em sala de aula, é difícil que a criança com TADH fique sentada na cadeira, sem se mexer a todo instante;
  • Não se concentrar no que as outras pessoas falam, e por isso ter dificuldade de aprendizado;
  • Se distrair com pequenos objetos, ou com qualquer outra coisa, facilmente;
  • Não manter um diálogo com facilidade, pois tende a falar o tempo inteiro, de maneira excessiva;
  • Não ter noção do perigo dos objetos, e por isso brinca com qualquer coisa, mesmo que essa possa queimá-lo ou feri-lo;
  • Não seguir instruções feitas por outras pessoas, por exemplo, na escola quando a professora pede para a criança fazer alguma atividade, a mesma não realiza da forma que tem que ser feita;
  • Possuir dificuldades em esperar a sua vez, e por isso tende a dar respostas antes da concretização das perguntas;
  • Não conseguir realizar apenas uma atividade, fazendo sempre duas tarefas ao mesmo tempo, de forma a deixá-las incompletas ou mal-feitas.

Caso o seu filho apresente algum desses sintomas, indicamos que você procure um especialista para que ele possa diagnosticar se a criança possui algum déficit de atenção que precise ser tratado.

Quais são as principais causas da hiperatividade?

A hiperatividade pode ser causada por fatores genéticos ou ambientais, como:

  • Uso de tabaco ou de álcool pela mãe da criança durante a gravidez;
  • Parto prematuro;
  • Período gestacional desequilibrado na qual a mãe da criança tenha passado por momentos difíceis de estresse excessivo, ou de desnutrição;
  • Criança que passa por maus tratos e abusos;
  • Problemas familiares, como separação dos pais ou morte de um parente querido;
  • Deficiência intelectual ou genética;
  • Transtornos de aprendizagem;
  • Depressão materna;
  • Gravidez durante a fase da adolescência;

Por isso, é sempre importante que a mãe do bebê tenha um período gestacional bastante equilibrado, e longe de estresse e angústia, para que a criança nasça com saúde, e em um lar harmônico e feliz.

Como tratar a hiperatividade?

O ideal é que se os pais perceberem que os seus filhos estão apresentando algum transtorno psicológico, leve os mesmos a um especialista no assunto, como um pediatra, que irá receitar os remédios adequados, e um psicólogo, que ensinará técnicas de relaxamento à criança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *