Por que as pessoas se cortam. Entenda os motivos e saiba como ajudar

A prática da automutilação é muitas vezes usada como uma válvula de escape pelas pessoas. Isso porque elas relatam que o ato de se ferir, diminui a dores emocionais, seja a angústia ou a tristeza, de forma a amenizar a dor no peito.

Esse transtorno mental é bastante sério, e deve ser rapidamente tratado com a ajuda de um psicólogo, que irá procurar saber quais os motivos que levam o indivíduo a praticar a autoagressão.

Pois, as pessoas que se cortam, tendem a já possuir alguma doença mental, ou desenvolver algum distúrbio ainda pior, podendo até mesmo realizar tentativas de suicídio.

Então, ficou interessado em obter mais informações sobre esse problema que atinge jovens e adultos? Confira a nossa matéria, pois nela explicamos tudo o que você precisa saber acerca desse assunto.

O que é automutilação?

A automutilação é um ato realizado pelo indivíduo quando o seu objetivo é machucar a si mesmo, seja através de um corte, de uma queimadura, ou até mesmo batendo em seu próprio corpo.

A maioria das pessoas que praticam a automutilação relatam que essa é uma forma de extravasar todos os sentimentos ruins que estão acumulados, de maneira a aliviar a carga emocional.

Assim, quando o indivíduo se encontra em um momento de tensão extrema, ele procura ferir a si mesmo com o intuito de amenizar a dor sentida no peito.

É válido salientar que se você estiver passando por alguma situação como essa, ou conhece alguém que esteja agredindo a si mesmo para obter momentos de alívio emocional, é preciso procurar urgentemente um tratamento terapêutico.

Pois, esse transtorno mental pode se agravar, e levar a problemas maiores, pois mais da metade das pessoas que sofrem com esse mal cometem suicídio.

O que leva as pessoas a praticarem a automutilação?

Não há um motivo específico pelo qual as pessoas se cortam, pois cada um possui a sua individualidade, e seus motivos pessoais que os levam a praticar a automutilação.

No entanto, esse problema acomete bastante os jovens, devido à fase de transformação da mente e do corpo no qual eles estão vivendo, o que gera incertezas, e muitas vezes baixo autoestima.

Isso tudo ocorre devido principalmente a problemas como rejeição na escola, atribulações nos relacionamentos interpessoais, seja com os amigos ou com os pais, e insegurança em relação ao potencial de aprendizado.

A realidade é que a prática da automutilação é apenas a ponta do iceberg de um problema muito maior, pois a mesma muitas vezes é causada por distúrbios mentais já preexistentes que não foram tratados da maneira correta.

Isso porque uma pessoa que possui transtornos alimentares, por exemplo, quando não consegue alcançar o seu objetivo, tende a sentir-se mal, e procurar alguma maneira de aliviar a tensão, e uma das formas de fazer isso é por meio da automutilação. Devido à gravidade desse problema, recomendamos que o indivíduo que sofre com isso, procure entender o que pode estar ocasionando essa necessidade de se autolesionar por meio de um tratamento psicológico, para que pare de realizar essa prática que traz malefícios ao corpo e a mente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *