Por que os neurotransmissores são importantes para a saúde?

Você sabe qual a importância dos neurotransmissores para o nosso organismo? Eles são conhecidos como mensageiros químicos que ajudam a estimular e também equilibrar os sinais entre os neurônios, células nervosas e outras células que compõem o corpo do ser humano.

Por atuarem dessa maneira, eles podem afetar uma ampla variedade de funções físicas e psicológicas. Incluem-se nesse quadro o sono, o apetite, humor, frequência cardíaca e sentimentos como o medo. 

Dessa forma, milhares de moléculas compostas por neurotransmissores trabalham para manter o bom funcionamento do cérebro, gerenciando diversos fatores. Desde a respiração, batimento cardíaco, até os níveis de concentração e aprendizado de cada pessoa.

Como eles funcionam no organismo?

Para que isso aconteça de forma eficaz, ou seja, os neurônios enviando mensagens por todo o corpo, é preciso que haja comunicação entre eles para transmitir sinais. Contudo, os neurônios não estão simplesmente conectados uns aos outros. 

Como em cada um deles existe um espaço chamado sinapse, para se comunicar com a próxima célula, o sinal precisa ser capaz de atravessar esse pequeno “buraco”. Isso ocorre através de um processo conhecido como neurotransmissão.

Na maioria dos casos, um neurotransmissor é liberado como o terminal do axônio após um potencial de ação ter alcançado a sinapse. Um lugar onde os neurônios podem transmitir sinais entre si, sem nenhum problema.

Mal funcionamento dos neurotransmissores

Assim como outras questões que envolvem nosso organismo, o mal funcionamento também pode acontecer quando o assunto é neurotransmissores. Vale destacar que se tratando de um sistema tão vasto e complexo, não é anormal que esses elementos estejam suscetíveis a erros.

Basicamente, o que pode dar errado inclui:

  • Possibilidade dos neurônios não fabricarem o suficiente de um neurotransmissor específico;
  • Muito de um neurotransmissor em particular pode ser liberado;
  • Vários neurotransmissores sendo desativados por enzimas;
  • Os neurotransmissores podem ser reabsorvidos muito rapidamente.

Mas o que muitos podem se questionar é em relação às consequências desse processo. Geralmente, quando os neurotransmissores são afetados por doenças ou drogas, pode haver diferentes efeitos no corpo. Alguns exemplos são a Epilepsia, Alzheimer e Parkinson que estão associadas a déficits em certos neurotransmissores.

É necessário buscar ajuda?

Como os medicamentos que influenciam as ações dos mensageiros químicos do corpo são frequentemente prescritos para ajudar a tratar diversas condições psiquiátricas, os psicólogos e psiquiatras entendem a relevância do bom funcionamento dos neurotransmissores.

E às vezes, esses medicamentos podem ser usados ​​isoladamente, mas também ​​em conjunto com outros tratamentos terapêuticos, incluindo a terapia cognitivo comportamental

Portanto, nossa dica principal é sempre estabelecer uma rotina para não deixar de lado a saúde, investindo em alternativas que tragam conforto e resultados para o seu bem-estar.

Fazer terapia pode mudar sua vida; entenda por quê

Ao contrário do que muitos pensam, a terapia não é apenas para lidar com transtornos mentais. Entenda a seguir porque todo mundo deveria fazer terapia

Você provavelmente se lembra de que, há alguns anos, fazer terapia era um grande tabu: a prática era considerada por muitos, “uma coisa para loucos”. Esse estigma impediu muitas pessoas de procurarem ajuda quando realmente precisavam.

Felizmente, hoje muitas pessoas pensam diferente e começam a entender como a terapia pode ajudar em suas vidas: seja como parte fundamental do tratamento de transtornos mentais, para aprender a lidar melhor com um acontecimento marcante ou simplesmente, para se conhecerem melhor.

Se você ainda não sabe muito bem como essa prática pode te ajudar, reunimos aqui alguns motivos do por que fazer terapia pode mudar a sua vida:

Você recebe conselhos imparciais de um profissional

Falar com amigos e família sobre os seus problemas é ótimo – e saudável. Mas talvez, os conselhos que eles estão te dando podem não ser os melhores para você nessa situação. Nesse momento, procurar um profissional vai te dar o distanciamento emocional necessário que você precisa para aprender a lidar com o seu problema da melhor forma possível.

Fazer terapia incentiva você a sair da sua zona de conforto

Nós sempre temos alguma dificuldade que não sabemos como lidar e, por isso, fingimos que não existe e acabamos adiando a resolução do problema. Imagine que você tenha problemas em fazer amigos, falar em público ou uma compulsão como comida, álcool ou gastar dinheiro. A terapia pode te ajudar a entender o que está por trás dessa dificuldade e quais passos você deve dar para superá-la.

Você entende melhor suas emoções e aprende a lidar com elas

Nós nem sempre sabemos exatamente o que estamos sentindo e por que estamos nos sentindo desse jeito. A terapia, portanto, vai te ajudar a analisar seus medos, desejos, frustrações e outros sentimentos não trabalhados. Assim, você terá as ferramentas para lidar com sentimentos de forma mais saudável.

Você pode descobrir dificuldades que não sabia que tinha

Vamos supor que você procurou um psicólogo por conta de um problema bem específico na sua vida. Ao fazer terapia, é bem provável que você encontre dificuldades que nem imaginava que existiam: como um transtorno de ansiedade ou uma dificuldade de aceitar críticas, por exemplo. Mesmo que não sejam problemas graves, trabalhá-los na terapia vai aumentar o seu bem-estar e qualidade de vida.

Você vai se conhecer melhor e crescer como pessoa

Mais do que ensinar a resolver um problema na sua vida, a terapia vai mudar a sua percepção sobre si mesmo e sobre as outras pessoas.

Sendo assim, ao entender os seus comportamentos, você perceberá quais deles são benéficos e quais são prejudiciais. Assim, você poderá mudar  atitudes no seu dia-a-dia, e melhorar a sua relação consigo mesmo e com os outros.

A terapia também vai te ajudar muito caso você tenha problemas de autoestima. Por meio de alguns exercícios, você vai aprender a tratar a si mesmo com mais cuidado, carinho e compaixão. Um psicólogo pode ajudar você a perceber e valorizar as suas qualidades e diminuir comportamentos que te prejudicam.

O processo terapêutico pode te dar todas as ferramentas que você precisa para melhorar sua vida em vários aspectos.

Ele vai melhorar suas habilidades de se comunicar, lidar com seus sentimentos, resolver problemas do dia-a-dia, etc. Essas habilidades são essenciais para você crescer como pessoa e alcançar seus objetivos pessoais e profissionais.

Fazer terapia melhora o seu bem-estar

Uma coisa é certa: nós sempre teremos dificuldades ao longo da vida, sejam relacionadas a relacionamentos, carreira ou conflitos internos.

Fazer terapia não vai eliminar os seus problemas, mas te dará ferramentas para lidar com eles de uma forma saudável e inteligente. Ao se conhecer melhor, você se sentirá mais confiante no seu dia-a-dia.

Você pode escolher qual tipo de terapia é o certo para você

Quem nunca fez terapia pode ter algumas ideias equivocadas de como realmente funciona o processo terapêutico. Por exemplo, muitas pessoas acreditam que na terapia você precisa deitar em um divã, enquanto o psicólogo te incentivará a encontrar traumas de infância para explicar as dificuldades que você está tendo agora.

Ao longo dos anos, o fazer terapia evoluiu muito. Hoje há inúmeras linhas terapêuticas, que abrangem os mais diversos objetivos. Assim, é possível escolher qual o tipo de terapia que funciona melhor para você.  Se você tem a rotina agitada, pode experimental a terapia online.

No ​FalaFreud, você pode conversar com um psicólogo com todo o conforto e a segurança de estar dentro de casa. Conheça nossos profissionais!

Clique no botão abaixo para baixar o aplicativo e começar sua terapia hoje mesmo!