Como gostar do seu trabalho? Confira dicas infalíveis

Como gostar do seu trabalho quando a rotina é pesada, seu chefe é autoritário ou o salário não é como você gostaria? Confira as dicas!

É no trabalho que normalmente passamos a maior parte dos nossos dias. Além disso, é ele que nos faz acordar preocupado no meio da noite e consome um bom tempo da nossa vida. Assim, já que passamos tanto tempo trabalhando, por que não tirarmos proveito enquanto fazemos isso? Nesse texto você verá algumas dicas de como gostar do seu trabalho.

Pesquisa mostra número alto de funcionários infelizes

Infelizmente, ainda é minoria o número de pessoas que de fato gosta do que faz. Com isso, a consequência é um impacto negativo na qualidade do trabalho. De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa Gallup em 2015, menos de um terço dos funcionários estão totalmente engajados em seus trabalhos.

Além disso, o estudo também descobriu que não importa o tamanho do seu contracheque – o dinheiro nem sempre é uma motivação sustentável. E não importa qual seja o seu cargo – o nome do cargo geralmente não tem conexão com significado ou motivação. Então, como é que algumas pessoas podem ser bem pagas, mas sentem-se desconectadas com o que fazem, enquanto outras trabalham em situações que estão longe de serem ideais e ainda assim se sentem satisfeitas?

Aprendendo a gostar do seu trabalho

De acordo com Karen Carlucci, terapeuta licenciada em Nova York, o segredo está em dar significado. “O significado é o que nos dá motivação, e as pessoas muitas vezes encontram significado em seu trabalho quando sentem necessidade e são apreciadas”, disse ela. Ou seja, uma vez estabelecido o senso de propósito, a motivação para se comprometer com um trabalho e fazê-lo da melhor forma possível seguirá ”.

Para encontrar significado e aprender como gostar do seu trabalho confira algumas dicas:

1. Procure uma motivação e dê significado ao trabalho

A primeira dica de como gostar do seu trabalho é identificar o que você gosta de fazer. Descobrir o que você gosta vai lhe dar uma direção e um sentimento de propósito. Portanto, Jennifer Way, CEO da Way Solutions, empresa de gestão de carreira, recomenda se fazer estas perguntas:

  • O que inicialmente te atraiu para essa vaga?

Foque naquilo que fez com que você se interessasse por essa vaga no primeiro momento. Com isso, você poderá eliminar pensamentos negativos que você possa ter em relação ao eu atual cargo.

  • De que forma você contribui para a sua empresa?

Quais dons e talentos você está utilizando em sua função atual? Qual o valor que você traz para a sua área? Focar na sua contribuição para aempresa pode ajudá-lo a sentir mais engajado com o que você faz. Esse pode ser um excelente começo para aprender a gostar do seu trabalho.

  • Existem projetos no trabalho que te interessam?

Existe algum projeto que você possa estar interessado em fazer parte? Isso, portanto, pode te desafiar a pensar de outra forma. Além disso, você poderá estimular sua imaginação e conhecer novos colegas de trabalho.

2. Construa relacionamentos

De acordo com a empresa Gallup, as pessoas que têm um melhor amigo no trabalho têm sete vezes mais chances de serem mais engajarem seus empregos. Contudo, se esse não for o caso, um amigo próximo já basta. Isso porque, a Gallup descobriu também que as pessoas que simplesmente têm um bom amigo no local de trabalho têm maior probabilidade de ficarem satisfeitas.

Portato, se você deseja encontrar mais significado em seu trabalho, programe algum tempo para fortalecer seus relacionamentos na empresa.

3. Olhe para fora

Caso um colega de trabalho não seja uma opção, você pode sempre olhar para fora das paredes do seu escritório. Isto é, “não precisa ser limitado ao local de trabalho”, disse Jennifer Way. “Pesquise redes profissionais fora do seu local de trabalho, onde você pode se conectar com outras pessoas em sua profissão. Além disso, reflita se existe em seu setor que você gostaria de almoçar ou tomar café regularmente”.

4. Mude sua atitude

Ter uma boa atitude no trabalho é fundamental e pode ser um precursor para você se sentir mais feliz em seu cargo. Embora seja mais fácil falar do que fazer (e mais fácil para algumas funções do que outras), uma boa atitude é algo que vem com prática e atenção. Para isso, considere trabalhar em suas habilidades interpessoais, ou seja, você aprender a tratar os outros com mais atenção, o que fará com que eles respondam de maneira gentil. Tudo isso pode contribuir para deixar dia a dia mais satisfatório.

O trabalho deve estar sempre atrelado a uma realização pessoal

Pergunte-se: você ama seu trabalho? Ou você teme segunda, terça, quarta e quinta-feira (e talvez até mesmo as horas antes do almoço na sexta-feira)? Se você quiser encontrar significado, lembre-se de olhar além das tarefas cotidianas e focar no resultado final que lhe trará satisfação – mesmo que seja apenas o contracheque.

Além disso, reflita sobre o que te tira da cama de manhã, dia após dia? Com o que mais você se importa? Pode ser que a resposta seja dinheiro (ou coisas que compramos com ele) e tudo bem. Contudo, o importante é reconhecer nossos valores fundamentais e honrá-los. Isso, portanto, nos levará a uma vida de trabalho mais alinhada e produzirá sentido para avançarmos. ”

Gostou do conteúdo e quer ler mais sobre Dicas Para Saúde Mental?  Acesse o blog do FalaFreud e leia nosso conteúdo feito por nossos especialistas para você!

Fonte: https://www.talkspace.com/blog/2018/09/find-meaning-at-work-tips/

FalaFreud

O FalaFreud tem a solução para a sua empresa. Através de um serviço de comunicação ágil, seguro e acessível, você pode proporcionar o benefício da terapia para os seus funcionários. Além de psicólogos licenciados e experientes, nossos profissionais contam com um horário flexível, como por exemplo de manhã cedo ou a noite, o que não afetará na carga horária de trabalho dos funcionários. 

Entre em contato com a nossa equipe para saber mais! 

“Por que nada me faz feliz?” Descubra resposta

Muitas pessoas se perguntam “por que nada me faz feliz?”. A resposta está em algo que elas estão fazendo de errado. Entenda qual é esse comportamento e como mudá-lo.

A felicidade pode ser um paradoxo: quanto mais você tenta alcançá-la, mais distante ela fica. Mas por que isso acontece? “Por que nada me faz feliz?”. Na maioria das vezes, a razão por trás dessa pergunta está nos lugares que você está buscando a felicidade. Por isso, chega de procurar no lugar errado. Descubra como fazer para se sentir mais alegre com a vida.

É muito comum nos primeiros sinais de infelicidade, nos questionarmos sobre:

  • Será que eu gosto do meu trabalho?
  • Tenho tudo que gostaria de ter?
  • Meu parceiro me faz feliz?
  • Quanto de dinheiro preciso para ser feliz?

Há muito tempo que o ser humano vem pensando dessa forma…Porém, essa maneira de pensar, pode ser a reposta por trás da pergunta “por que nada me faz feliz?”.

O que é visto como felicidade?

É muito comum a ideia de felicidade vir atrelada à coisas e pessoas. Porém, este é um equívoco muito grande. Isso porque, ao associarmos a nossa alegria com coisas externas como carreira, amor, dinheiro, estamos colocando nossa felicidade em algo externo, ou seja, algo que não temos controle.

Se você acha, por exemplo, que ser feliz é ter tem um emprego que ama, um bom relacionamento ou muito dinheiro, o que acontecerá quando você se cansar do seu trabalho, o relacionamento não estiver mais funcionando ou o dinheiro não for mais suficiente? Ao ter esse pensamento, portanto, você está se colocando no banco do carona no carro, em vez de estar dirigindo.

PARE DE COLOCAR SUA felicidade em coisas externas

Sempre que se questionar “por que nada me faz feliz?”, se faça essa outra pergunta: “Estou depositando minha felicidade em algo ou alguém?”. Reflita sobre o assunto. Você precisa ter algo específico para se sentir alegre? Só se sentirá feliz se tiver aquela pessoa do seu lado? Se a resposta for sim, então você está esperando que algo ou alguém te fazer feliz.

Contudo, isso não significa dizer que coisas externas não devem te alegrar. É ótimo que você fique feliz com o seu trabalho, relacionamento, bens materiais… O grande problema é quando você depende daquilo para ser feliz, isto é, ter aquilo é uma condição para a sua felicidade. Sendo assim, você pode e deve amar tudo que tem, mas não deve fazer disso uma condição para ser feliz.

Dessa forma, lembre-se de que a felicidade é um estado de espírito. E isso está totalmente dentro do seu controle. Por isso, assim como você pode decidir fazer algo útil com o seu tempo, você pode decidir que está feliz.

“Mas nada na minha vida me faz feliz”

Lá está você de novo repetindo esse pensamento. Você está preso no modo antigo de pensar. É fácil culpar seu trabalho, cônjuge, família ou até mesmo o mundo por sua infelicidade.

Existem pessoas que vão dizer que o mundo é um lugar ruim. Sim, coisas ruins acontecem com as pessoas. E sim, algumas pessoas são más. Não devemos fingir que essas coisas não acontecem.

Mas isso está dentro do seu controle? Não. Então, supere e não deixe que outras coisas o tornem infeliz. É hora de virar o(a) protagonista da sua história e assumir o controle dos seus sentimentos.

Concluindo, lembre-se: você não precisa de um motivo para ser feliz. É só isso que você precisa ter em mente. Acredite e repita diariamente para você mesmo(a) que a felicidade está dentro de você. Você verá como a sua vida vai mudar.

Portanto, tudo que você precisa fazer é ser feliz. E você é.

Gostou do conteúdo e quer ler mais sobre Dicas Para Saúde Mental? Acesse o Blog do FalaFreud e leia nosso conteúdo feito por nossos especialistas para você!

Fonte:https://medium.com/darius-foroux/why-nothing-makes-me-happy-i-am-happy-c52d7a241b5d

Quem tem uma agenda cheia sabe como pode ser difícil marcar uma consulta e conseguir conciliar seus horários pessoais com o do profissional. Porém, por ser online, fica muito mais fácil para o psicólogo conseguir te atender em horários flexíveis, como, por exemplo, de manhã bem cedo ou até tarde da noite – coisa que em um consultório é bem difícil isso acontecer.

Clique abaixo para baixar o FalaFreud e se conectar com um dos nossos psicólogos por apenas R$159,99 por mês.

Download App