Os relacionamentos estressam mais que o trabalho e trânsito

Relacionamentos estressam mais que trabalho e trânsito

Você sabia que os relacionamentos estão no topo dos causadores de estresse do brasileiro?

Pesquisas recentes têm mostrado que um dos fatores que mais estressam os brasileiros são os relacionamentos.

Não é o trabalho e nem os relacionamentos amorosos que estão em primeira instância.

Os tipos de relacionamentos que mais afetam os brasileiros são: os familiares e os afetivos, logo em seguida vem os relacionamentos de trabalho, com colegas e o chefe.

A dificuldade nos relacionamentos familiares vem das mudanças que estão ocorrendo na forma de educar.

A educação dos dias atuais está bem diferente do que se era nos anos 90. As crianças e adolescentes são mais incisivos, os pais têm cada vez menos tempo de qualidade com os filhos e tudo isso gera falta de limites.

Essa falta de limites traz preocupação e gera estresse inclusive no ambiente de trabalho. Os pais se culpam pelo estilo de vida que levam e não conseguem a mudança que almejam, com isso gerando ainda mais frustração.

Os relacionamentos amorosos também têm afetado muito as pessoas. Há uma falta de tolerância e de compreensão com relação às diferenças.

Em todos os relacionamentos é preciso trabalhar a comunicação, rever valores e limites. Estar bem colocado com o papel a desempenhar no relacionamento.

Tudo isso gera estresse no trabalho e afeta o desempenho profissional.  Além de gerar dores e doenças como hipertensão, enxaqueca, gastrite, depressão, ansiedade e síndrome do pânico.

Podemos combater o estresse nos relacionamentos com base em alguns pilares:

1 – Atividade Física

Veja aquela atividade que lhe traga felicidade, por mais que você seja sedentário ou não goste de esporte, acredite, existe algo que te fará feliz.

O corpo humano não foi feito para ficar parado e se você encontrar a atividade certa seu corpo agradecerá tendo mais energia e equilíbrio.

2 – Relaxe

Cada um tem uma forma de relaxar. O importante é que neste momento sua cabeça seja esvaziada e você não seja estimulado a nada.

É apenas um tempo para suas células descansarem. Pode ser apenas um momento de respiração profunda, ou para quem prefere uma prática de meditação.

3 – Alimentação saudável

Foque em se alimentar bem pelo menos durante a semana. Coma mais frutas e verduras e alimentos leves. Eles ajudam no momento de estresse.

4 – Faça Terapia

As pessoas têm cada vez mais aderido à terapia. A terapia nos ajuda a perceber com mais clareza como estamos lidando com o estresse e os problemas do nosso cotidiano.

Com uma visão holística sobre tudo, paramos de alimentar o sofrimento e temos mais qualidade de vida.

 

 

Dayane Fagundes

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.

Dicas para lidar com o estresse no trânsito

Como lidar com o estresse no trânsito

O estresse no trânsito interfere muito na saúde da população. Cada vez mais as pessoas se encontram impacientes com algo que elas não podem mudar.

Partindo dessa perspectiva, de que eu não posso mudar uma situação devemos fazer que ela fique o mais confortável possível.

Por isso, hoje deixaremos dicas de como lidar com o estresse no trânsito.

1 –  Respire

Inspirar e expirar bem devagar, prestando atenção apenas na sua respiração pode ajudar muito.

A inspiração harmoniza os níveis de oxigênio no sangue e no cérebro, o que mantém os neurônios em equilíbrio, proporcionando assim uma sensação de relaxamento.

2 – Faça alongamentos

O estresse emocional e o fato de estar muito tempo na mesma posição pode causar tensões musculares.

Faça alongamentos mesmo sentado, a ação produz endorfina, um analgésico natural do nosso organismo, o que proporciona prazer.

Além de sentir mais prazer, você irá movimentar músculos que usualmente ficariam parados, evitando assim, dores no corpo, que podem aumentar o estresse.

O mais indicado é flexionar os braços atrás da cabeça e o tórax para frente ou sobre o volante, tracionar os joelhos sobre o abdômen, e flexionar e estender punhos e tornozelos.

3 – Escute meditações ou músicas relaxantes

Enquanto faz o seu trajeto você pode aproveitar o tempo para relaxar a mente com uma meditação guiada ou até mesmo uma música relaxante.

O segredo para encontrar nossa plenitude é buscar estar bem mentalmente mesmo no meio do caos do trânsito.

4 – Bolinhas contra estresse

Leve bolinhas e aperte enquanto espera no trânsito. Elas podem ajudar a fortalecer a musculatura do antebraço e evitam dores.

5 – Pensamentos fluídicos

Tenha bons pensamentos enquanto estiver no trânsito, mentalize que seu dia ou noite será bom, pense em tudo o que você tem a agradecer.

Pensar negativamente ou se preocupar, além de não resolver o problema só irá te deixar estressado.

Você pode escolher frases que tenham a ver com você e elaborar um mantra de harmonia para mentalizar:

“estou em paz, amor e harmonia” ou “o mundo inteiro está em paz e eu também.” .

As palavras não importam desde que sejam positivas e você se identifique com o que está falando.

 

Dayane Fagundes

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.

Como transformar o estresse em produtividade?

Como transformar o estresse em produtividade

Estresse às vezes é inevitável mas veja como transformá-lo em seu aliado.

Todos nós sabemos que estresse faz mal e que traz desde problemas de saúde até a perda de produtividade.

No entanto, embora hajam maneiras comprovadas de reduzir o estresse, às vezes é inevitável ficar estressado nesta jornada chamada vida. Na verdade, se você está fazendo grandes coisas, é praticamente impossível não ficar.

É por isso que novas pesquisas sugerem que muito desse estresse que encontramos, pode realmente ser aproveitado de forma positiva e transformado em produtividade.

Alguns especialistas em psicologia de Harvard Business Review, nos desafiam a pensar na época que estávamos no auge do sucesso e de alta performance, fazendo a seguinte pergunta:

“Você estava sendo motivado pelo estresse?”

A maioria das respostas foram um enfático “Sim!”, o que nos mostra que o estresse nem sempre tem que ser negativo. Se soubermos lidar com ele da maneira correta.

Aqui vão algumas dicas que os especialistas de Harvard dizem para termos em mente, que nos ajudarão a obter os benefícios do estresse e reduzir os efeitos negativos que ele pode trazer para o corpo, para as nossas relações e carreira:

1- A beleza está nos olhos do detentor do estresse.

O estresse é inevitável; Se você não tiver, você é uma espécie rara.

O primeiro passo para lidar com o estresse é reconhecê-lo, assim poderá decidir o que fazer fazer com ele.

Você terá que fazer uma decisão importante e sim, é uma escolha. Terá que decidir se verá o estresse como um obstáculo que irá te impulsionar ou impeditivo.

“Ter essa consciência, desencadeia motivação positiva porque, no fundo, sabemos que as coisas que são importantes nem sempre devem ser fáceis “.  – Alicia e Thomas Crum na Harvard Business Review

O segredo é reconhecer o estresse como um efeito colateral para o seu desenvolvimento e que te desafia constantemente.

De acordo com Shawn Achor, que é especialista em psicologia da positividade, as nossas funções cerebrais melhoram quando passamos a enxergar os desafios como uma coisa positiva.

Se nós mantivermos positivos e interessados em usar o estresse a nosso favor; Nosso cérebro expandirá, permitindo um mais rápido processamento de informações e aumentando a produtividade.

Para alcançar esse estágio, você precisa treinar o seu cérebro a reconhecer o estresse como um subproduto do seu sucesso e não como algo apavorante.

2- Use o estresse a seu favor.

O estresse não existe para nos matar. Na verdade, voltando a era das cavernas, ele servia como uma ferramenta bem poderosa para evitar a morte.

A pesquisa sugere que apesar de não gostarmos de estar estressados, O estresse nos ajudou durante a era das cavernas e pode nos ajudar hoje, no mundo moderno.

Alicia e Thomas Crum também descobriram que: “Os hormônios de estresse realmente induzem o crescimento e liberam substâncias químicas no corpo que reconstroem células, sintetizam proteínas e aumentam a imunidade, deixando o corpo ainda mais forte e saudável do que era antes. Os pesquisadores chamam esse efeito de prosperidade fisiológica, e qualquer atleta sabe suas recompensas “

3-  Tenha alguém para se apoiar.

Invista nas suas relações para que tenha com quem contar quando tiver naquele momento mais crítico do estresse.

Alguém com pensamentos positivos e otimista, que possa te ouvir e te ajudar a entrar em equilíbrio e a encarar o estresse como seu aliado.

4- Concentre-se no que você pode controlar.

Stephen Hawking disse uma vez: “Uma das regras básicas do universo é que nada é perfeito. A perfeição simplesmente não existe. “Se a Mãe Natureza ainda não descobriu, então você também não vai.

Irão existir milhões de coisas que estarão  fora do seu alcance todos os dias, não importa o quanto se esforce. Então ignore o que não pode controlar.

Shawn Achor, ensina em seu livro a aplicarmos no nosso dia a dia a técnica chamada “Experiência da ilha”.

Ele sugere que você escreva uma lista de coisas estressantes na sua vida e faça em círculos ou “ilhas”. Um círculo você deve colocar as coisas que pode controlar e no segundo círculo, as que não tem controle algum.

Ignore os itens que colocou no círculo das coisas que não tem controle e faça um plano de ação para os itens do outro círculo.

Dessa maneira qualquer estresse desnecessário, começará a sumir e te ajudará a ir atrás dos seus objetivos.

5- Considerações finais: Quanto mais praticar, melhor ficará.

Isso mesmo, melhor e não perfeito.

Até mesmo quando falamos de estresse, a prática é o melhor caminho para aprender a lidar com isso. Assim que perceber que o estresse está chegando, tente praticar algumas das técnicas que foram discutidas aqui neste artigo.

Dessa maneira, quando tiver um dia bem difícil e estressante, seu corpo e mente não sentirão tanto o efeito negativo do estresse.

Com paciência e com um passo de cada vez, você conseguirá lidar com estresse.

 

*Texto traduzido e adaptado do site The Mission.

Equipe FalaFreud

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.

Estresse: Veja como está o seu NÍVEL DE ESTRESSE

Estresse: Saiba seu nivel de estresse

Não importa se você é dona de casa, estudante, executivo ou atleta profissional; O estresse pode comprometer sua saúde e desempenho diário.

Responda a 10 perguntas rápidas, baseadas em situações do dia a dia e descubra seu nível de estresse.

Considerando os últimos 30 dias, com que frequência você…

 

1- Ficou aborrecido por conta de algo inesperado.

            (0) Nunca  

            (1) Quase nunca

            (2) Às vezes

            (3) Frequentemente

            (4) Muito Frequentemente

2- Sentiu ser incapaz de controlar coisas importantes.

            (0) Nunca  

            (1) Quase nunca

            (2) Às vezes

            (3) Frequentemente

            (4) Muito Frequentemente

3-  Esteve nervoso ou estressado.

            (0) Nunca  

            (1) Quase nunca

            (2) Às vezes

            (3) Frequentemente

            (4) Muito Frequentemente

4- Esteve confiante para resolver problemas pessoais.

            (4) Nunca  

            (3) Quase nunca

            (2) Às vezes

            (1) Frequentemente

            (0) Muito Frequentemente

5- Sentiu que as coisas aconteceram conforme o esperado.

            (4) Nunca  

            (3) Quase nunca

            (2) Às vezes

            (1) Frequentemente

            (0) Muito Frequentemente

6- Achou que não conseguiria lidar com todas as tarefas.

            (0) Nunca  

            (1) Quase nunca

            (2) Às vezes

            (3) Frequentemente

            (4) Muito Frequentemente

7- Foi capaz de controlar as irritações do dia a dia.

            (4) Nunca  

            (3) Quase nunca

            (2) Às vezes

            (1) Frequentemente

            (0) Muito Frequentemente

8-  Sentiu que a sua vida estava sob controle.

            (4) Nunca  

            (3) Quase nunca

            (2) Às vezes

            (1) Frequentemente

            (0) Muito Frequentemente

9-  Esteve bravo por questões externas ao seu controle.

            (0) Nunca  

            (1) Quase nunca

            (2) Às vezes

            (3) Frequentemente

            (4) Muito Frequentemente

10-Sentiu que os problemas se acumularam tanto que pareciam impossíveis de resolver.

            (0) Nunca  

            (1) Quase nunca

            (2) Às vezes

            (3) Frequentemente

            (4) Muito Frequentemente

 

Veja a pontuação de cada resposta e some o número de pontos de cada questão.

E verifique a régua para ver o seu nível de estresse.

Régua de nível de estresse

Em caso de pontuação elevada, a partir da coloração amarelada, na escala acima, leve o resultado a seu médico e procure ajuda terapêutica.

Dayane Costa Fagundes
Terapeuta

 

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.