A fibromialgia tem relação com o emocional?

Fibromialgia e o emocional, saude mental

1- o que é fibromialgia e a relação com a mente.

A pessoa que tem fibromialgia sente dores agudas e constantes nos músculos de todo o corpo. Essas dores levam a pessoa ao desânimo, fraqueza muscular, cansaço.

Aparentemente a pessoa está bem, mas a dor é insistente a todo movimento, como sentar, levantar ou deitar.

O corpo e a mente não são instâncias separadas, por esse motivo todo o funcionamento da mente, os padrões de pensamentos e funcionamento do ego interferem na saúde do corpo.

As pessoas que têm fibromialgia costumam carregar o mundo nas costas, seja os problemas dos familiares ou do trabalho.

O que acontece é que elas tornam os pensamentos tão tensos que o corpo faz o mesmo movimento.

A alma está em dor e o corpo é o reflexo da alma.

2- Quais são os comportamentos comuns de uma pessoa com fibromialgia?

O paciente com fibromialgia dificilmente relaxa aos prazeres da vida e está sempre preocupado.

Preocupa-se com o que deixou de fazer ou o que poderia estar fazendo para estruturar melhor a sua vida e a vida de seus familiares.

Costuma se aborrecer toda vez que confiou a alguém uma tarefa e não saiu como imaginava. Nesse momento seu corpo começa a doer e a incomodar, refletindo o incômodo que sofreu com a atitude alheia.

3- O que é indicado para a pessoa que sofre de fibromialgia?

O indicado para as pessoas que sofrem com essas dores é trabalhar seu olhar sobre os acontecimentos.

Nós não podemos mudar o mundo e nos aborrecer com tudo que acontece diferente do que desejamos.

Toda essa energia de tensão é jogada para nosso corpo. A realidade não pode ser mudada, mas o modo como pensa sobre ela pode ser diferente.

Aprender a relaxar e ser menos controlador pode ajudar muito. Isso deve ser feito com acompanhamento terapêutico.

O terapeuta tem uma visão neutra e acolhedora, ajudando a nortear caminhos para a quietude interior necessária a pessoa que tem fibromialgia.

 

Dayane Fagundes

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.

O que a osteoporose tem a ver com o emocional?

O que a osteoporose tem a ver com o emocional?

A osteoporose é o maior causador de fraturas entre idosos.  Os ossos são uma estrutura importante do nosso corpo e precisamos mantê-los fortes e saudáveis.

As células do corpo humano se renovam constantemente e essa doença ocorre quando o organismo deixa de formar um novo material ósseo, ou seja, a renovação das células não acontece como deveria.

Se os ossos não se renovam como deveriam, eles vão ficando cada vez mais fracos e mais propensos a fraturas.

Para que seus ossos fiquem fortes, a renovação das células deve acontecer de forma harmônica e isso só acontece quando estamos em estado de relaxamento.

A medicina egípcia diz que a osteoporose é um fator psicossomático que tem a ver com o estado emocional da pessoa.  

Ela diz que isso só acontece em pacientes que estão sem motivação na vida e, por conta disso, tem dificuldades em resolver seus problemas.

Sabemos hoje da importância de mantermos nossos pensamentos e sentimentos equilibrados para se ter saúde física.

No caso da osteoporose é indicado que o paciente comece a fazer relaxamento e meditação. Pois, durante esse processo as células serão renovadas com sucesso e os ossos serão fortalecidos.

 

Dayane Fagundes

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.

Como a televisão pode influenciar suas emoções?

televisão pode causar problemas emocionais

Assistir televisão é um dos hobbies mais comuns que existe. Quem é que não gosta de ficar esparramado no sofá, vendo algo na Tv?

Mas é preciso ter atenção, pois ao mesmo tempo que ela pode ampliar nossa visão de mundo, também pode ser a causadora de vários problemas emocionais. Por isso devemos ser bem críticos no hora de escolher algo para assistir.

Tudo que vemos ou ouvimos, interfere no nosso modo de sentir. Portanto, as mensagens passadas na televisão, quando forem negativas, podem acionar em nós, sentimentos como a tristeza, a raiva e várias outras emoções negativas.

Quando escolhemos um programa que relata tragédias, drogas, situações traumáticas, dramas, traições, maldades, etc… Estamos acionando no nosso inconsciente, toda a dor e emoções que a história transmite.

Tanto que existem casos, de artistas que interpretam vilões e são agredidos (fisicamente ou verbalmente) por pessoas na rua. Claro, que esse é um caso extremo. Mas, fazendo uma analogia, tudo que vemos na televisão é sentido por nós. E o que você viu de manhã ecoa na sua mente por dias ou até meses.

Programas ou notícias sensacionalistas são um ótimo exemplo do que estamos falando. O foco desse tipo de programa, é mostrar tragédias, violência e enfatizar a dor do outro ser humano. O que não faz nada bem para o corpo e mente dos espectadores.

Se comover com a dor do outro é ser empático, humano. Mas ficar assistindo negatividade todos os dias na televisão, é acionar um esquema de sofrimento no cérebro que só trará prejuízos.Podendo se tornar uma pessoa que só fala de tragédia e coisas ruins; Além de começar a sentir tristeza e desânimos sem motivos aparente. E quando se der conta, as pessoas à sua volta começarão a falar que você só fala de tragédias e que se tornou uma pessoa negativa.

Ninguém gosta de ouvir noticias desagradáveis, pois afeta diretamente nossas emoções e saúde mental.

Portanto, a televisão é um meio de comunicação que nos conecta com muitas alegrias e informações valiosas, que agregam de forma positiva. Mas também podem trazer problemas emocionais.

Então antes de parar e assistir qualquer coisa na televisão, faça as seguintes perguntas:  Assistir esse programa vai ser bom pra mim? Vai me fazer bem?

Deixe entrar na sua casa apenas coisas boas. Faça um teste, veja programas bons e alegres, durante uma semana. Você terá assuntos bons, que levará o bem-estar até as pessoas. E assim a sua energia ficará melhor e as pessoas na sua casa também.

Conta pra gente como foi esse teste.

Equipe FalaFreud

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.

Dica para melhorar a sua vida aplicando o “Mindfulness” ao seu cotidiano.

consciencia Plena, Mindfulness ou atenção plena

O mindfulness ou atenção plena, é uma teoria que traz a nossa consciência para o momento presente e que nos faz enxergar o quanto estamos automatizando ações importantes do nosso dia a dia; E que com isso deixamos de sentir, de ter prazer em pequenas coisas que fazem toda a diferença na nossa motivação e felicidade.

Por isso hoje nesse post, vamos dar um exercício de mindfulness para você aplicar no seu dia a dia e aprender a saborear os pequenos prazeres da vida. Mas antes queremos que entenda o que está fazendo sem a menor consciência.

mindfulness
Ilustração: Fala Freud

 

A mente humana tem grande capacidade de adaptação e aprendizado. Por esse motivo estamos vivendo cada vez mais no piloto automático.

Acordamos, escovamos os dentes, tomamos café e vamos ao trabalho, sem ao menos perceber nenhuma dessas atividades. Por que isso acontece? Porque aquilo que fazemos várias vezes é automatizado pelo nosso sistema.

As primeiras vezes que passar a marcha em um carro, terá que prestar bastante atenção e provavelmente sentirá um pouco de dificuldade. Mas com o tempo, passar marcha se torna algo tão natural que será tido como automático pelo seu cérebro e você não precisará se esforçar para isso.

Outro exemplo, são os trajetos que fazemos no nosso dia a dia, que mal percebemos como chegamos ao destino ou quando temos que ir a outro lugar e de repente “acordamos” e percebemos que estamos no trajeto de sempre.

Quando entramos no piloto automático, temos uma tendência a não ter prazer nas nossas vivências. Os dias parecem iguais e quase nada te faz feliz.

Se você tem se sentido assim, vamos deixar aqui uma técnica de mindfulness, para começar a voltar a sua mente para seus 5 sentidos (visão, audição, paladar, olfato e tato). Se aprender a trabalhar com seus sentidos, verá a vida com uma lente colorida e não preto e branco.

 

atençao plena plena
Photocredit:Blogspot.com

 

Exercicio:

O exercício de hoje é bem simples; Ao tomar banho, observe que sua mente sempre está em algum lugar, menos naquilo que você está fazendo no momento, ou seja, no banho.

Você pensa no seu dia, no que aconteceu ou no que vai fazer daqui a pouco e não aproveita a sensação de ter a água com a temperatura que deseja caindo sobre seu corpo e te proporcionando bem-estar.

Portanto, preste atenção na água, na temperatura, na sensação boa que é poder ter esse momento para relaxar a tensão do dia, sem pensar nela. Pense apenas que essa água está limpando toda a negatividade e está fazendo muito bem ao seu corpo.

Para ajudar a se concentrar, use seus sentidos, direcione o olhar para o sabão, para seus movimentos ao encostar em si mesmo; Sinta como pode ser prazeroso e relaxante quando você direciona sua mente para isso.

Se o pensamento fugir, volte para o momento, pense em como é bom poder tomar um banho e se sentir relaxado (a). Neste momento mentalize apenas bons pensamentos, como o de que a água está levando todo o cansaço do seu dia, trazendo equilíbrio e cura.

 

Pequenas atividades do nosso dia-a-dia, podem ser trabalhadas para que percebamos o quanto estamos vivendo alienados de pequenos prazeres que a vida nos proporciona.

Esse exercício acima foi apenas um exemplo, de muitas atividades que realizamos no automático. Comemos sem perceber, trabalhamos sem prestar atenção, não conseguimos nem dormir direito por não aprender a desligar nossa mente do automático, a mente continua funcionando em ritmo acelerado à noite.

O tratamento direcionado para a atenção plena, pode ajudar muito no emagrecimento, na insônia, na ansiedade e em muitas outras questões. Ele busca equilibrar a mente e os pensamentos, organizando-os sem termos que sair do nosso cotidiano para isso.

 

Dayane Costa Fagundes

Terapeuta

 

 

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.