Consequências de pais depressivos para as crianças

Entenda como pais depressivos podem afetar a saúde mental dos filhos e saiba como resolver a situação.

Se você tem filhos, sabe que a tarefa de educar uma criança é desafiadora. Porém, esse desafio pode ser ainda quando se tratam de pais depressivos. Isso porque a depressão pode trazer consequências para a criança, que, em alguns casos, pode até desenvolver transtornos mentais também. Por isso, para te ajudar a lidar com essa situação, preparamos uma lista com quatro dicas do que fazer nesses casos.

Um estudo publicado no Journal of American Medical Association concluiu que a depressão dos pais está entre muito relacionada com ansiedade exagerada em crianças e adolescentes e casos de depressão nos filhos. Ou seja, as crianças com pais depressivos tem um risco genético aumentado para doenças mentais. Além disso, os sintomas depressivos dos pais criam um estresse ambiental adicional para a criança.

Por exemplo, se você luta contra a depressão, sabe o quanto pode ser difícil manter um bom desempenho no trabalho e cultivar seu relacionamento com amigos e familiares. Assim, além do estresse como problemas conjugais ou perda de emprego, as crianças também sofrem.

Quando as crianças crescem em ambientes estressantes ou incertos, elas podem desenvolver seus próprios problemas comportamentais ou emocionais. Portanto, ansiedade ou depressão são resultados comuns nesses casos.

Como a depressão afeta a maternidade/ paternidade

Confira como pais depressivos podem afetar uma criança e as consequências do transtorno no ambiente familiar.

Falta de envolvimento com os filhos

Quando pais depressivos lutam contra a falta energia, apatia e tristeza causada pela depressão, eles não conseguem se envolver totalmente com os filhos. Por isso, eles podem até ter dificuldade em reunir energia para cuidar das necessidades básicas de uma criança. Isso, contudo, atrapalha o processo de desenvolvimento da criança.

Sentimento de culpa

Os pais que sofrem de depressão geralmente sabem que seus sintomas afetam a paternidade/ maternidade. Porém, podem achar difícil fazer as mudanças que seus filhos precisam. Isso faz com que eles se culpem ainda mais pela doença e abala a confiança deles em suas habilidades. Segundo um estudo na Maternal and Child Health Journal descobriu que se sentir mais eficaz como pai ou mãe pode diminuir os sintomas depressivos dos pais.

Falta de limites

Em alguns casos, os pais depressivos têm mais dificuldade em estabelecer limites as crianças. Além disso, esses pais que duvidam de suas habilidades costumam ser mais ansiosos, tendendo a reforçar a ansiedade em seus filhos. Como eles entram em padrões ineficazes e não sabem o que fazer, os pais nessas situações geralmente cedem ao mau comportamento infantil.

Mas afinal, o que os pais depressivos devem fazer?

Ser pai ou mãe com depressão não precisa ser um cenário permanente ou sem esperança. Há muitas maneiras de encontrar ajuda para a depressão e também fornecer soluções para ajudar o seu filho a lidar melhor com o transtorno.

1.Peça ajuda a um profissional

Um profissional pode ajudá-lo a entender o comportamento típico da infância, como seus sintomas podem afetar esse comportamento e como desenvolver um estilo parental que funcione melhor para você.

2. Obtenha ajuda para o seu filho

Um psicólogo profissional pode ajudar a diminuir grande parte do sofrimento das crianças que têm pais depressivos. Assim, o profissional pode ensinar o seu filho sobre depressão e como lidar de maneira eficaz com o transtorno.

Além disso, a terapia pode melhorar os problemas comportamentais e emocionais da criança. Isso portanto, quebrará ciclos negativos que pioram a depressão dos pais.

3. Encontre alegria em pequenas coisas

Às vezes, conviver com a depressão significa estar muito sobrecarregado para apreciar o momento. As crianças, no entanto, vivem no momento todo o tempo. Enquanto você obtém ajuda profissional para você e seu filho, procure pequenas alegrias que vocês possam compartilhar. Um jogo de tabuleiro de 10 minutos, um lanche favorito ou uma caminhada rápida do lado de fora pode fazer uma grande diferença para vocês dois.

4. Siga o tratamento correto

Além da psicoterapia, alguns indivíduos com depressão precisam da medicação para obter um melhor controle dos sintomas. Portanto, sintomas depressivos significativos necessitam de tratamento adequado.

Ao procurar ajuda, você descobrirá que a paternidade/maternidade pode se tornar mais fácil com o tempo. Não só você, como a sua família e seu(s) filho(s)vão se beneficiar de um ambiente mais saudável e positivo.

Gostou do conteúdo e quer ler mais sobre Dicas Para Saúde Mental?  Acesse o blog do FalaFreud e leia nosso conteúdo feito por nossos especialistas para você!

Fonte: https://www.talkspace.com/blog/2018/09/parenting-with-depression-tips/

FalaFreud

Quem tem uma agenda cheia sabe como é difícil marcar uma consulta e conciliar horários pessoais com o do profissional. Porém, por ser online, fica muito mais fácil para o psicólogo conseguir te atender em horários flexíveis. Você pode, por exemplo, fazer terapia de manhã bem cedo ou até tarde da noite – coisa que no consultório é bem difícil de acontecer.

Clique abaixo para baixar o FalaFreud e agendar sua primeira sessão.

 

Depressão causada pelo trabalho: veja principal motivo

A depressão causada pelo trabalho é muito comum e incapacita milhares de pessoas. Veja a seguir uma solução simples e eficaz para reduzir as chances disso acontecer.

Já faz algum tempo que o tema saúde mental está em alta no mundo inteiro. Os casos de transtornos psicológicos não param de aumentar e entre eles está a depressão. Entre umas das causas por trás da doença, está a depressão causada pelo trabalho, que continua a crescer consideravelmente. Mas por que o ambiente de trabalho pode causar depressão?

Seria a solidão o motivo?

Segundo o médico Vivek H. Murthy, muitos ambientes de trabalho modernos contribuem para esse sentimento de desconexão. Para ele, novos modelos de trabalho criaram

uma flexibilidade que antes não existia, mas que muitas vezes reduzem as oportunidades de interação e relacionamentos pessoais.

Porém, nem mesmo em um escritório cheio de pessoas ao redor isso está livre de acontecer. Na maior parte do tempo, os dias são super corridos e todos estão focados no computador, sem muita interação.

OUTROS MOTIVOS POR TRÁS DA depressão causada pelo trabalho

Existem diferentes motivos por trás da depressão causada pelo trabalho. Porém, alguns deles são bastantes recorrentes, como, por exemplo, muitas demandas e alta pressão, competitividade exacerbada, ambiente hostil, etc.

Estudos mostram que ao trabalhar se sentindo totalmente controlado, isto é, com pouca ou sem nenhuma liberdade para realizar as tarefas, aumenta consideravelmente as chances de que uma depressão apareça.

Isso acontece porque nós seres humanos temos necessidades psicológicas fundamentais. Isto é, assim como necessitamos de comida e oxigênio, precisamos ter a sensação de que somos responsáveis pelo nosso próprio destino – mesmo que não tanto quanto gostaríamos. Quando essa sensação é tirada de nós, ficamos infelizes rapidamente.

TORNE O AMBIENTE MAIS AGRADÁVEL E DIMINUA NÚMERO DE CASOS DE DEPRESSÃO

Porém, segundo uma pesquisa realizada pelo cientista social Michael Marmot, é possível realizar o mesmo trabalho de forma menos deprimente. Assim, para evitar se sentir refém em seu próprio trabalho, torne-o mais gratificante, como, por exemplo, mudando coisas rotineiras. Horário, local, roupas, decoração da mesa, ordem das tarefas…

Se de alguma forma você puder ter algum nível de liberdade em um ou alguns desses itens, você não sentirá o trabalho como um fardo tão pesado. Existem, inclusive, estudos científicos que sugerem que dar flexibilidade a um funcionário aumenta sua produtividade.

Portanto, uma dica simples para os líderes das empresas evitarem a depressão causada pelo trabalho é controlar as pessoas o mínimo possível. Com isso, os funcionários não apenas trabalharão mais, mas também serão mais felizes. E como ambas as partes se beneficiarão disso, ter um local de trabalho mais liberal não será um problema para os gerentes.

PROCURE AJUDA DE UM PROFISSIONAL DE SAÚDE 

Se você estiver enfrentando uma depressão causada pelo trabalho, lembre-se sempre de colocar sua saúde em primeiro lugar. Procure ajuda de um profissional da área de saúde, uma vez que é primordial estar sob o tratamento adequado.

Como lidar com chefe controlador? Terapeuta dá dicas; Confira matéria no FalaFreud.

Fonte:https://medium.com/inc./this-is-the-number-one-cause-of-depression-at-work-45a7302e3552

Quem tem uma agenda cheia sabe como pode ser difícil marcar uma consulta e conseguir conciliar seus horários pessoais com o do profissional. Porém, por ser online, fica muito mais fácil para o psicólogo conseguir te atender em horários flexíveis, como, por exemplo, de manhã bem cedo ou até tarde da noite – coisa que em um consultório é bem difícil isso acontecer.

Clique abaixo para baixar o FalaFreud e se conectar com um dos nossos psicólogos.

Download App