6 comentários em “Terapia de casal: Entenda melhor como funciona”

  1. Bom dia !
    Me chamo Elennicy , tenho 40 anos , e estou passando por um momento dificil no meu casamento , chegamos ao ponto de nos separmos no momento , estavamos casados a 11 anos , mas de uns 5 anos pra cá o nosso relacionamento desmoronou , acho que por que ele não trabalhava desde o início do nosso casamento , só vivia de bicos, mas eu sempre tentei incentivá-lo por mais que dificuldade fosse grande, e sempre tinha esperança que ele fosse mudar , mas isso não ocorreu . E eu sempre tentei ser o esteio da casa , a provedora , a mulher, a amiga , a amante, mas como eu citei lá em cima de uns 5 anos pra cá , tudo mudou , comecei a me sentir muito sozinha ( nós não conseguimos ter filhos) e acabei conhecendo outos homens nas redes sociais, com os quais me envolvi virtualmente , deixando que eles me iludissem com falsas promessas, enfim ele descobriu e houve brigas e ameaças e a nossa vida virou um inferno, do qual eu me sentir sufocada e acabei o deixando e morar com meus parentes , estamos separados a alguns meses , mas eu ainda tenho um sentimento por ele e ele por mim , mas tenho medo de me decepcionar e não dar certo (agora ele está trabalhando num emprego fixo) . O que eu faço ? Me orientem por favor ?

    1. O que vc perde por tentar denovo? Siga o seu coração e deixe o amor entrar novamente. Nao existe nada errado e nem proibido no amor. Passe a pensar no positivo. Em tudo que podem fazer juntos e sempre em coisas boas. Pensar negativo não vale a pena. Para nada. Amar é um dos melhores sentimentos que o ser humano tem. Não perca tempo pensando no que pode dar errado. Foque no que você deseja e como deseja que aconteça e siga em frente. Desejo que sejam eternamente felizes.

  2. Quando tinha 15 anos comecei a namorar um rapaz, meu primeiro namorado no qual perdi a virgindade, namoramos por 3 anos e terminamos por conta de brigas frequentes, e uma traição por parte dele, fiquei desiludida e conheci outro rapaz com quem acabei dormindo, após 9 meses terminados nós resolvemos voltar, porém nos dois, principalmente ele, não consegue superar o fato de eu ter ficado com outro homem, a terapia ajudaria a resolver essa situação? Faz 5 meses que voltamos, o relacionamento é maravilhoso, porém tem dias que ele acorda estranho comigo por ter tido pesadelos relacionados a isso

    1. Ele está com ciúmes de um relacionamento que vc teve separada dele? Vc acha mesmo que ele passou 9 meses longe de vc e sem fazee sexo? Isso que ele faz é puro machismo e tortura psicológica.
      Se imponha e diga que se ele realmente quiser ficar com vc ele tem que superar isso ou então vc que não vai querer.
      Se ele não aceitar, melhor pra vc que se livrou dessa manipulação.
      Você é muito jovem pra se torturar por tão pouco.
      De seu coração e confiança a quem merece.

  3. Olá, estou pensando em buscar a terapia de casal. No meu caso sou lésbica e estou nesse relacionamento há quase 4 anos, apesar de no início ela sempre insistir mais para tornar nosso relacionamento sério ( eu resisti um pouco pq tinha acabado de sair de um namoro de 2 anos) sempre percebi que as falas dela nunca condiziam com a prática. Eu sempre senti q eu sempre me doei mais, cuidei mais, amei mais e respeitei mais. Eu sempre tive pavor a casamento, morar junto etc, mas ela me convenceu a morar com ela, me pediu em casamento e tal. Eu aceitei, mas comecei a achar ela.muotk.estranha durante um tempo, ela tinha muitas amigas e eu nunca fui ciumenta, porém comecei a desconfiar de umas amigas dela. E eu era vista como paranóica e ciumenta por isso. Depois as coisas ficaram ruins financeiramente para ela e ela acabou dependendo de mim por um tempo, percebi q ela se afastou de certas amigas e começou a me tratar melhor. Um tempo depois acabei descobrindo q ela me traiu diversas vezes com pessoas q eu convivia q se diziam amigas dela, frequentavam minha casa e tudo. Incluive ela chegou a namorar sério com outra enquanto estava comigo. Meu mundo caiu! Na mesma semana q descobri isso a mãe dele descobriu um câncer de pulmão eu tive q guardar a minha dor para cuidar da dela. Já morávamos juntas nem eu nem ela tínhamos para onde ir pq dividimos as contas e tudo e a mãe dela faleceu 2 meses depois e eh me senti na obrigação de ficar com ela mesmo estando muito magoada. Só q vivemos como se não estivéssemos em uma relação amorosa, eu não confio mais nela e ela ainda se acha no direito de exigir fidelidade. Mesmo sem ter mais nada sexualmente falando com ela nem eu nem ela ficamos com outra pessoa ( que eu saiba) e isso já fez 1 ano. E eu não consegui seguir minha vida sem ela mesmo com muita mágoa dela e ela TB não segue a vida dela. Hj não tenho muito discernimento do q eu sinto por ela, sinto q ela mudou q ela demonstra me amar, mas não consigo confiar. Penso q ela pode estar agindo de uma forma melhor por medo de ficar sozinha já que as amigas se afastaram dela, as amantes, a mãe morreu, o pai TB e ela é sozinha no mundo. Decidimos buscar a terapia de casal e vê no que dá. Eu só quero permanecer nesse relacionamento se eu conseguir superar a dor da.traicao e se houver respeito de ambas as partes e esse relacionamento nos fizer feliz. Mas é difícil tomar certas decisões depois q vc se entregou por inteiro a uma relacionamento e mesmo magoada parece q há uma dependência emocional muito grande

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *