Aprenda a solucionar seus problemas

Quando estamos sofrendo com algum problema, seja ele um problema de relacionamento, de saúde, ou quando a autoestima está baixa, quando nada parece dar certo, ou não ter solução em vista, o que fazemos? Confira no Blog do FalaFreud como Aprenda a solucionar seus problemas.

Quando estamos sofrendo com algum problema, seja ele um problema de relacionamento, de saúde, ou quando a autoestima está baixa, quando nada parece dar certo, ou não ter solução em vista, o que fazemos?

Buscamos soluções e respostas através da atividade da mente, da análise de experiências passadas, do conhecimento que adquirimos de nossa história, ou mesmo da história dos nossos pais e antepassados.

Tudo isso é o intelecto querendo resolver os problemas.

Mas o intelecto não dispõe dos recursos para resolver problemas, ele só pode movê-los.

E movê-los não resolve problemas. Continue lendo “Aprenda a solucionar seus problemas”

Janeiro Branco: Como anda seu equilíbrio emocional/mental?

A campanha Janeiro Branco foi criada por psicólogos para alertar sobre a importância de cuidar da saúde mental. O objetivo é acabar com este estigma que prejudica o acesso de quem precisa ao tratamento adequado e que a psicologia é direcionada para loucos. Confira mais sobre o Janeiro Branco no Blog do FalaFreud.

A campanha Janeiro Branco foi criada por psicólogos para alertar sobre a importância de cuidar da saúde mental.
Este é o objetivo da campanha ‘Janeiro Branco’, criada em 2014 e que, hoje, já virou lei nas cidades de Campinas (São Paulo) e Uberlândia (Minas Gerais).
Espalhado por todo o país, semelhante a campanhas como setembro amarelo, outubro rosa e novembro azul, respectivamente alertando para o risco do suicídio, do câncer de mama e de próstata, o projeto busca desvencilhar a ideia de que a psicologia é direcionada para loucos.
O objetivo é acabar com este estigma que prejudica o acesso de quem precisa ao tratamento adequado.

Continue lendo “Janeiro Branco: Como anda seu equilíbrio emocional/mental?”

Por que é tão difícil mudar hábitos?

A mudança de comportamento de uma pessoa interfere em todo o ambiente à sua volta. Quando um membro da família que antes era alegre e sorridente fica triste todos percebem e perguntam: O que foi com você? Por que está assim? Entenda no Blog do FalaFreud Por que é tão difícil mudar hábitos.

A mudança de comportamento de uma pessoa interfere em todo o ambiente à sua volta. Quando um membro da família que antes era alegre e sorridente fica triste todos percebem e perguntam: O que foi com você? Por que está assim?

Quase todas as pessoas reagem mal quando alguém próximo muda de comportamento. Escutamos frases como: Você mudou! Você está tão diferente!

Essas frases fazem com que a pessoa volte ao comportamento antigo dela. Isso porque aquilo que eu já conheço me deixa numa zona de conforto. Quando já sabemos o que vai acontecer, mesmo que seja um acontecimento incômodo nos sentimos confortáveis, é uma “falsa” sensação de controle. Pois, a mudança traz desconforto. Continue lendo “Por que é tão difícil mudar hábitos?”

Obesidade, como mudar esta situação?

Temos que aprender a parar de procurar na comida a alegria que queremos. Isso pode ser encontrado em simples coisas do dia-a-dia, como dar risadas com um amigo, ver um vídeo engraçado, estar com quem amamos, ler um livro, dançar, etc. Leia mais sobre Como mudar a situação frente à obesidade no Blog do FalaFreud.

A obesidade, normalmente se inicia com um acontecimento, uma situação específica.

Ocorre algo, como uma mudança de emprego, um estresse no trabalho, a perda de um ente querido, bullying, uma separação e várias outras circunstâncias.

Depois do estresse a pessoa começa a engordar.

Primeiro vem o pensamento, esse pensamento leva a um sentimento e o sentimento traz consigo ansiedade que te faz começar a comer mais do que precisa.

Há também aqueles que são obesos desde bebês, isso porque a mãe passou por situações estressantes na gravidez, o que o levou a ser ansioso/inseguro desde que nasceu. Continue lendo “Obesidade, como mudar esta situação?”

12 Motivos Para Fazer Terapia

Todo mundo passa por períodos de stress, tristeza, luto e conflito, então quando você não se sente muito bem pode ser difícil saber se é hora de procurar um profissional para lidar com o problema. Clique e confira 12 Motivos Para Fazer Terapia no Blog do FalaFreud.


A ciência sempre se preocupou em conhecer as motivações humanas, sobretudo a Psicologia, a partir dos estudos de Abraham Harold Maslow, pesquisador, professor e psicólogo americano, que construiu em meados do século a teoria na qual as necessidades humanas podem ser hierarquizadas, na seguinte ordem: Necessidades fisiológicas básicas (comida, bebida, ar, sexo, entre outras); Necessidade de segurança; Necessidades sociais, que envolve a interação, o ato de ser apreciado e amado pelos outros; necessidade de status ou de estima; necessidade de auto-realização. Continue lendo “12 Motivos Para Fazer Terapia”

Angústia e solidão no fim de semana: quem nunca?

Então, o que poderia ser dias de lazer, descanso, alegria, entretenimento, leitura, curtição no sentido exato da palavra, se torna solidão, amargura, medo, depressão, pânico, doenças. Muita gente passa por isso. Saiba mais sobre Angústia e solidão no fim de semana no Blog do FalaFreud.

O final de semana chegou! O que para algumas pessoas pode ser bom, para outras pode ser angustiante, solitário, cheio de expectativas e frustrações.

Para os que têm vícios, pode ser o momento de excedê-los. Para os que fazem dieta, pode ser o momento da quebra. Para os que se sentem sozinhos, pode ser o momento de vazio e lágrimas. Continue lendo “Angústia e solidão no fim de semana: quem nunca?”