Saiba tudo sobre transtorno de personalidade antissocial

Você já conheceu alguma pessoa que se relaciona com as outras com o intuito de explorá-las? Essas atitudes disfuncionais podem ser geradas por diversos problemas, como é o caso do transtorno de personalidade antissocial.

Normalmente as pessoas que apresentam esse transtorno não conseguem distinguir entre o certo e o errado e não têm empatia com o próximo, deixando de lado os sentimentos e direitos da outra pessoa.

A boa notícia é que esse problema pode ser tratado com a ajuda de terapia. Para saber mais informações sobre o transtorno de personalidade antissocial, e como tratá-lo, continue acompanhando o nosso post! 

Causas do transtorno de personalidade antissocial

Ainda não foram diagnosticadas de forma precisa quais são as causas do transtorno de personalidade antissocial, mas essas podem estar relacionadas com o ambiente externo e com a hereditariedade. Pessoas que tenham sofrido quando criança por conta de abusos ou devido à separação dos pais, por exemplo, podem desenvolver esse transtorno. 

Portanto, fatores genéticos e externos podem ser as possíveis causas do desenvolvimento do transtorno de personalidade antissocial e esse problema ocorre principalmente em pessoas que vivem em ambientes caóticos. 

Fatores de risco

A falta de empatia com o próximo é um problema mais comum entre homens, e pode ser gerado por diversas causas. A probabilidade é que o transtorno de personalidade antissocial se desenvolva em adultos que tenham passado por uma infância instável e problemática.

Portanto, jovens que tenham sofrido qualquer tipo de abuso durante o período da infância e passado por problemas em relação ao alcoolismo dos pais, por exemplo, tendem a desenvolver transtornos, e um deles é o de personalidade antissocial.

Esse problema é diagnosticado apenas depois da maioridade e um dos seus principais fatores desencadeadores são os relacionamentos abusivos.  

Sintomas do transtorno de personalidade antissocial

As pessoas que possuem o transtorno de personalidade antissocial têm alguns comportamentos que não levam em consideração os sentimentos das pessoas ao seu redor. Os principais sintomas desse problema são:

  • Desconhecer a diferença entre certo e errado;
  • Mentir e cometer ações fraudulentas;
  • Manipular os outros;
  • Agir de forma violenta, agressiva e com alta irritabilidade;
  • Agir de forma abusiva;
  • Ter comportamentos irresponsáveis;
  • Não ter ressentimento. 

Os sintomas desse problema se apresentam principalmente no período da adolescência e se desenvolvem ainda mais na fase adulta, entre os 20 e os 30 anos. Portanto, o transtorno fica bastante em evidência nesse período. 

Importância da ajuda médica 

É muito importante procurar ajuda médica para tratar o transtorno de personalidade antissocial já que esse problema, em geral, é desenvolvido por conta de fatores externos que normalmente estão relacionados com relacionamentos abusivos.

O ideal é ter acompanhamento com psiquiatra e com psicólogo para tratar esse problema que pode causar diversos malefícios para a vida da pessoa que sofre com esse transtorno e para todos ao seu redor.

Muitas vezes o tratamento para a pessoa que tem transtorno de personalidade antissocial consiste no uso de medicamentos e no acompanhamento terapêutico. 

Portanto, se você tem algum familiar que sofre com esse problema, não deixe de levá-lo para realizar consultas médicas. Uma boa opção é fazer terapia online, pois esse tratamento é feito sem precisar sair de casa e no horário que o paciente preferir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui