Saiba o que é agorafobia: transtorno relacionado a ataques de pânico

Você sente medo de ficar em locais fechados, como cinemas e elevadores, ou conhece alguém que tenha esse receio? É provável que essa sensação seja gerada por um problema bastante comum: a agorafobia.

Esse transtorno gera ataques de pânico e está relacionado com distúrbios de ansiedade. No entanto, é necessário fazer um tratamento para que a pessoa doente possa ter uma vida normal, livre das sensações de desespero.

Se você deseja saber mais informações sobre essa disfunção, que é mais comum do que se imagina, confira nossa matéria acerca desse assunto, pois vamos explicar quais os sintomas e como tratar essa doença psicológica.

O que é agorafobia?

A agorafobia é um distúrbio psicológico que acarreta ataques de pânico e está associado à problemas de ansiedade. Essa doença afeta, e muito, a vida do indivíduo que se encontra doente, provocando limitações no âmbito profissional e pessoal.

As pessoas que sofrem com esse distúrbio, sentem medo de locais e situações que podem levá-las a ter sensações de aprisionamento, solidão e desproteção. Por essa razão, lugares fechados e com multidão provocam sensações de temor para quem se encontra com essa doença.

Em consequência, o agorafóbico, evita diversos tipos de ambientes e situações que podem desencadear a crise de pânico. Muitas pessoas não conseguem ficar sozinhas, ou até mesmo não saem de casa por conta do medo, já que não querem passar por algum momento de constrangimento.

As causas que levam o desenvolvimento da agorafobia, são desconhecidas, mas muitos pesquisadores e estudiosos indicam que esse problema é decorrente de traumas, uso de substâncias específicas em excesso, e transtornos relacionados à ansiedade.

Sintomas de agorafobia

Quando os agorabóficos se encontram distantes da sua zona de conforto, os sintomas do distúrbio começam a aparecer. Normalmente quem sofre com o problema sente medo de lugares fechados e também de multidão. Quando estão em ambientes como esses acabam tendo ataques de pânico e passando mal.

Os principais sintomas da disfunção da agorafobia são:

  • Tontura e falta de ar;
  • Produção excessiva de suor;
  • Aumento do número de palpitações (taquicardia);
  • Sensação de formigamento, tremores e calafrios;
  • Desmaio e medo de morrer;
  • Disenteria e vômito.

Para não ter problemas como os citados acima, as pessoas que possuem a doença, tendem a evitar ficarem sozinhas nos lugares, principalmente em locais abertos com muita gente ou em espaços fechados, tentando evitar a sensação de claustrofobia.

Tratamento para agorafobia

São diversos os tratamentos para agorafobia e todos eles giram em torno da terapia aliado ao uso de medicamentos específicos. Portanto, o recomendado é iniciar o tratamento com a ajuda de um psicólogo e um psiquiatra, pois o trabalho em conjunto pode proporcionar um excelente resultado para a saúde do paciente.

Se o agorafóbico não se sentir à vontade para sair de casa, uma boa opção é realizar terapia online. Esse método, faz com que o indivíduo possa ser tratado na sua própria residência, na hora que preferir. Então, faça a escolha que mais se adequa às suas necessidades.

comecar terapia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *