Vestibular e ENEM: 5 dicas para se preparar mentalmente

Alguns períodos do ano são decisivos para os estudantes que pretendem ingressar em uma faculdade, principalmente na véspera de vestibulares e do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Nessa matéria vamos dar algumas dicas para que você controle a ansiedade e o nervosismo pré-provas, continue acompanhando. 

Ansiedade, da onde vem?

A ansiedade gerada pelo estudante na véspera das provas está diretamente ligada a expectativa, individual e familiar. Estudos comprovam que a grande maioria das pessoas falham por questões emocionais, como ansiedade, insegurança e estresse. 

Esses estados emocionais podem bloquear a capacidade racional do indivíduo, ocasionando um resultado insatisfatório. O importante nessas situações é procurar uma maneira de lidar com a espera e trabalhar o psicológico para que nada saia errado. 

1 – Prepare seu cérebro 

O primeiro passo é entender que você não saberá tudo da prova e isso é normal. Com a consciência disso você consegue se planejar caso não saiba uma resposta. Trace então uma estratégia, que irá te ajudar a manter a calma e o foco nessas ocasiões. 

2- Descanse

O descanso é fundamental em qualquer período de nossa vida e nesse não é diferente. A boa qualidade do sono está diretamente ligada a boa memória, pois ficar sem dormir resulta em um rendimento cognitivo menor. Tente dormir sempre nos mesmos horários e evite equipamentos eletrônicos antes. 

3- Alimentação leve

O alimento é uma das nossas fontes de energia, por isso, é importante se alimentar bem tanto na fase dos estudos quanto na véspera da prova. Perto do dia do exame se alimente de forma leve e principalmente alimentos que você não tem nenhuma restrição. A ansiedade pode inibir a fome, mas ainda sim é importante se alimentar de forma saudável. 

4- Na véspera, só revise!

Tentar tirar o atraso de matérias ou querer entender muitas coisas na véspera da prova não ajuda e, pelo contrário, pode atrapalhar. É recomendado que duas semanas antes da prova você só faça revisões, ajudando o cérebro a consolidar o conteúdo aprendido. 

5- Conheça suas emoções

Fatores internos e externos podem influenciar nos seus resultados, por isso, é importante reconhecer suas emoções. Uma maneira de fazer isso é a terapia, que pode ser um grande auxílio nesse período. A terapia online pode ser uma ótima alternativa para driblar a falta de tempo e se encaixar no seu cronograma de estudos. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui