Saiba como o ego influencia seu comportamento e sucesso

O ego, em algum momento, já foi motivo de situações desconfortáveis no seu ambiente profissional? Infelizmente, essa é ainda uma questão frequente em certos locais. Entretanto se o colaborador souber controlar esse fator e usá-lo de forma saudável, o ego exerce uma influência positiva no desempenho pessoal.

Isso o leva a um desenvolvimento e crescimento na carreira. E apesar da definição estar muitas vezes ligada à arrogância, vaidade e prepotência, o ego vai além disso. Trata-se da consciência que cada indivíduo tem de si próprio.

Ou seja, o modo que a pessoa se percebe na realidade em que convive, levando em consideração a identidade, orgulho e autoconfiança. Mas você sabe dosar o ego para que ele influencie de maneira agradável?

Lado positivo

Desenvolver uma boa liderança no ambiente profissional e transmitir autoconfiança aos demais colegas, são algumas das habilidades que o ego traz para aqueles que conseguem controlá-lo. Desse jeito, todos à sua volta são envolvidos positivamente porque sua postura demonstra respeito e responsabilidade.

Lado negativo

O problema começa quando você se valoriza excessivamente. A partir daí, o profissional passa a crer que é melhor que os demais e expõe isso nas atitudes.  A situação gera desconforto no relacionamento interpessoal, causando conflitos e prejudicando o clima organizacional.

Porém, se você perceber algum comportamento que esteja atrapalhando sua desenvoltura dentro do trabalho, pode seguir algumas dicas para auxiliar nesse processo:

Respeite o espaço do outro

Algo simples que o indivíduo pode tornar um hábito durante seu dia a dia dentro da empresa. Aprenda a ser gentil e respeitar os pontos de vista diferente dos seus, além de evitar ultrapassar os limites permitidos dentro de uma organização.

Talvez você até não perceba, mas comece a prestar atenção no que deixa as pessoas desconfortáveis.

Desenvolva a proatividade

Conseguiu identificar coisas que os outros não notaram? É a hora de não ser soberbo e julgar as atitudes alheias. Não fique também em silêncio, esperando pelo desastre. Ofereça suporte e apoio para evitar um transtorno ou crise.

Nada melhor também do que compartilhar suas próprias experiências e conhecimentos. Contudo, a cautela é essencial nesta etapa, pois com ela você transmite tudo o que quer, através de uma abordagem amigável e solícita.

Mantenha seu ego em movimento

Acolha o autoquestionamento. Ele é um excelente recurso para desenvolver o lado positivo do ego. Investigue e procure por aquilo que faça você se sentir participativo durante o trabalho.

Exercite sua mente, já que é muito importante manter seu corpo e identidade em movimento constante. Não admita respostas prontas ou até mesmo atribuições de culpas que recaem sobre os outros.

Invista em terapia para conhecer o ego

O acompanhamento terapêutico é uma ação transformadora para todos aqueles que desejam ter uma melhor qualidade vida e bem-estar. O mesmo vale quando se fala em ego.

O melhor disso é que você tem a chance de iniciar o tratamento de onde estiver e no horário que se encaixa melhor com sua rotina. Comece o seu com a ajuda extra de um psicólogo que está pronto para atender todas as suas dificuldades e questionamentos.

comecar terapia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *