Conheça o papel do sexólogo online

Você sabia que a profissão de sexólogo online pode ser muito mais comum do que aparenta ser? Este profissional é da área da saúde, especializada em alguns assuntos que envolvem a sexualidade humana e propriamente dito, o sexo.

Em linhas gerais, o seu trabalho tem foco na intermediação afetiva, resolução de conflitos amorosos, insegurança com o próprio corpo e outros assuntos relacionados a aspectos individuais de cada indivíduo. No entanto, algumas pessoas podem entender essa profissão como uma consulta ao ginecologista, que não é o caso.

O sexólogo online trabalha, essencialmente, por meio de sessões de psicoterapia, onde é possível falar abertamente sobre suas vontades, problemas e incômodos relacionados ao sexo. 

Por isso, esse tratamento tem se tornado tão fundamental nos últimos anos, já que é através dele que o indivíduo tem a liberdade de falar sobre seus principais problemas e aflições desta área. Mas vale destacar também que não existe nenhuma forma de contato sexual ou nudez durante o tratamento.

Como funciona a consulta?

Basicamente, o terapeuta tem como objetivo descobrir por meio das sessões qual seria o principal obstáculo na vida da pessoa. Isso inclui as queixas, incômodos, desejos e mais uma série de situações. 

Além disso, é realizada primeiro uma entrevista em que são questionadas algumas  perguntas sobre a história sexual do paciente. Entretanto, podem ser explorados outros detalhes. Exemplos práticos seriam: a respeito da sua infância, o casamento dos seus pais e o que lhe ensinaram direta e indiretamente sobre sexo.

O que você pode conversar com o sexólogo online?

Uma observação interessante é que você pode se consultar com um sexólogo online de forma individual ou em grupo, como uma espécie de terapia de casal.

Entre as queixas femininas estão:

  • Mulheres que querem ter seu primeiro orgasmo; ou quer orgasmo com o parceiro;
  • Anorgasmia;
  • Dispareunia: dor no genital durante o ato sexual;
  • Desejo Sexual Hipoativo: falta de desejo completa ou diminuição de realizar atividade sexual;
  • Superar os sentimentos de “nojinho” sobre diferentes atos sexuais;
  • Vaginismo: contração involuntária dos músculos vaginais impedindo ou dificultando a penetração;
  • Sobreviventes de câncer de mama.

Entre as principais queixas masculinas estão:

  • Sobreviventes de câncer de próstata;
  • Vício em pornografia ou vício em sexo;
  • Disfunção Erétil: incapacidade de manter o pênis rígido até o final da atividade sexual;
  • Ejaculação precoce;
  • Vida sexual chata;
  • Não é atraído pelo seu parceiro;
  • Ausência de libido;
  • Fetiches;

Quem procurar?

Se você está sentindo falta de prazer em viver ou apresentando sentimentos de insatisfação, então está na hora de buscar ajuda profissional. Com o avanço da tecnologia, procurar um sexólogo online tem sido a opção de muitas pessoas, em especial pela facilidade, sigilo e conforto do cliente.

Comece seu processo de terapia sexual e tenha paciência. Lembre-se que tudo é um processo envolvendo dedicação e comprometimento. E isso vale tanto para quem realiza as sessões, quanto para quem aplica o tratamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui