As 8 dúvidas mais comuns sobre antidepressivos

É impossível negar a importância dos antidepressivos no tratamento contra a depressão. Porém, ainda é comum que algumas pessoas tenham receios e inseguranças quanto ao uso do remédio. Aqui no Blog do Fala Freud preparamos uma lista com as dúvidas mais frequentes das pessoas sobre os antidepressivos. Clique e confira !

antidepressivos: responda as suas dúvidas sobre os medicamentos

Tem algum receio sobre antidepressivos? Veja as questões mais comuns sobre o assunto e responda suas dúvidas

É impossível negar a importância dos antidepressivos no tratamento contra a depressão. Não é a toa que 67% dos indivíduos deprimidos utilizam o medicamento como forma primária de tratamento, como apontam os dados da National Alliance on Mental Illness (NAMI).Porém, ainda é comum que algumas pessoas tenham receios e inseguranças quanto ao uso do remédio e seus riscos.

Para te ajudar a responder essas questões, preparamos uma lista com as dúvidas mais frequentes das pessoas sobre os antidepressivos. Mas lembre-se sempre de consultar um profissional e verificar o que é melhor para o seu caso.

Quais os efeitos colaterais dos antidepressivos?

Ao iniciar o tratamento com a medicação, é comum sentir alguns efeitos colaterais nas duas primeiras duas semanas de uso, como dores de cabeça, náusea, tremores nas mãos e insônia. Se você tiver algum desses sintomas, lembre-se de que eles são temporários. Porém, sempre ligue para o seu médico e explique o que está acontecendo.

Já a longo prazo, existem alguns efeitos colaterais diferentes, como ganho ou perda de peso, baixa libido e fadiga. Mas isso varia muito de pessoa para pessoa e de acordo com o antidepressivo que o paciente está tomando.

A depressão vai piorar antes de melhorar?

Algumas pessoas podem sentir que os sintomas estão iguais ou mais intensos no início do tratamento devido aos efeitos colaterais iniciais. Porém, saiba que os antidepressivos levam de duas a seis semanas para fazer efeito. Por isso mantenha a calma e tenha em mente que as coisas vão melhorar.

Antidepressivos viciam? Vou ficar dependente do remédio?

Esta dúvida é muito frequente e costuma aparecer bastante. Mas a resposta é não, você não ficará dependente do antidepressivo. Porém, quando decidir parar de tomar, você deverá consultar o seu médico para fazer isso de forma gradual, diminuindo a dose até não tomar mais nada.

Por quanto tempo terei que tomar a medicação para depressão?

O objetivo deste medicamento é que o paciente tenha uma melhora de 100%, por isso pode ser que você precise tomar por algum tempo até se sentir confiante para parar a medicação. Uma vez que você começa o remédio, deve-se continuar por pelo menos alguns meses, antes de diminuir a dose, de acordo com a orientação do seu médico. Porém, é válido lembrar que isso vai variar conforme a resposta de cada indivíduo ao tratamento e cada caso é um caso.

E se eu ainda tiver sintomas de depressão mesmo tomando o remédio?

Se você já estiver tomando a medicação há pelo menos seis semanas e ainda estiver se sentindo deprimido, talvez seja preciso uma dose maior ou trocar a medicação. Informe o seu médico sobre seus sintomas e pergunte se é hora de fazer alguma mudança.

E se eu esquecer de tomar uma dose da medicação?

Algumas pessoas acreditam erroneamente que só devem tomar o antidepressivo nos dias que estiverem deprimidas, mas não é assim que funciona. Você deve tomar a medicação todos os dias. De forma geral, se você esquecer de tomar uma dose, recomenda-se toma-la assim que se lembrar. Mas, alguns antidepressivos não devem ser tomados após um determinado período do dia, porque podem causar insônia. Verifique qual é o seu caso.

Posso tomar bebida alcoólica usando antidepressivos?

Os efeitos do álcool em pessoas que estão tomando antidepressivo pode variar. Algumas pessoas não sentem diferença, outras dizem que o medicamento aumenta o efeito da bebida. Se for importante para você beber eventualmente, converse com o seu médico primeiro e avalie o que pode ser feito neste caso. Mas lembre-se sempre de beber com moderação.

Posso tomar antidepressivos na gravidez?

Algumas pesquisas apontam os antidepressivos como causadores de nascimentos prematuros, anormalidades cardíacas no bebê e até mesmo casos de autismo. Por isso, se você estiver grávida ou estiver tentando engravidar, converse com o seu médico sobre qual tratamento correto para o seu caso.

Quer saber mais sobre a doença? Conheça os sinais e sintomas da depressão e veja como ajudar alguém deprimido

Fonte: https://www.everydayhealth.com/hs/major-depression-health-well-being/antidepressant-questions/

Gostou deste conteúdo e quer ler mais sobre Dicas Para Saúde Mental, RelacionamentosTerapia ? Acesse o Blog do FalaFreud e leia nosso conteúdo feito por nossos especialistas para você !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *