Baleia azul: conheça o jogo e saiba como identificar quem joga

Você já ouviu falar do jogo da Baleia Azul? Este é o nome dado para um conjunto de 50 desafios diários que têm como objetivo, promover situações autodestrutivas em jovens e adolescentes.

Por ser uma prática que já fez vítimas fatais ao redor do mundo, é interessante compreender melhor o que levam às pessoas a participarem desse tipo de jogo, e como você pode identificar quem o pratica. Continue a leitura do texto, logo a seguir.

Baleia Azul: veja os detalhes

De modo geral, a dinâmica da Baleia Azul envolvia o uso constante das redes sociais para determinar ações ou provas de que os desafios estavam sendo realizados.

Pelo Facebook, WhatsApp e Twitter os instrutores do jogo também “selecionavam” novos participantes. A última tarefa seria a de tirar a própria vida e o jogador recebia diariamente dicas de como chegar até esse ponto. Selecionamos algumas dessas etapas, veja abaixo:

  • Cortar o lábio;
  • Furar a mão com uma agulha;
  • Subir num telhado;
  • Não falar com ninguém, durante um dia inteiro;
  • Se encontrar com outro participante da Baleia Azul;
  • Compartilhar certas hashtags nas redes sociais;
  • Cortar-se com uma navalha;
  • Escrever códigos e palavras específicas em determinadas partes do corpo;
  • Desenhar uma baleia azul;
  • Ouvir músicas psicodélicas por longos períodos;
  • Assistir filmes de terror, indicados pelo administrador do grupo.

Perceba que algumas dessas ações podem passar facilmente despercebidas pela atenção dos pais porque não seriam consideradas um problema, por exemplo: escutar músicas psicodélicas. Mesmo assim é importante notar que a convivência desses jovens vai além das amizades “reais”.

Isso acontece porque, em certas ocasiões, as redes sociais são os principais meios de socialização. Através de aplicativos, vínculos com pessoas desconhecidas podem ser estabelecidos.

O que acontecia se alguém quisesse desistir do jogo?

Um dos pontos-chave para que a Baleia Azul se tornasse viral, se deve principalmente pela curiosidade do público em mais um desafio que foi lançado no meio online. É claro que existem jogos saudáveis, como o do Balde de Gelo em 2014 que tinha como proposta colaborar com causas sociais.

A diferença é que este mistura uma série de experimentações arriscadas que podem levar à morte do adolescente. Além disso, o jogador que quisesse sair do jogo era ameaçado pelos responsáveis.

Ou seja, o jovem não conseguia se afastar dessa prática, pois os instrutores avisavam que tinham hackeado as contas pessoais do indivíduo. Se desistisse, alguém da família poderia sofrer com as consequências.

Depressão e Baleia Azul possuem alguma relação?

Num primeiro momento, o jogo da Baleia Azul pode se mostrar como uma atividade que acolhe o adolescente e, por lá, ele consegue ter contato com outros jovens e expor problemas pessoais.

Contudo, dificilmente aqueles que possuem uma vida saudável (social e mental) se deixam levar por essa brincadeira perigosa. Portanto, comportamentos autodestrutivos podem ser um sinal da depressão. Saber identificá-la se torna essencial para oferecer um tratamento psicológico adequado.

Ou até mesmo investir numa terapia online que é realizada via internet, em que o jovem pode se consultar a qualquer momento sem sair de casa. Clique no botão abaixo para baixar o aplicativo do FalaFreud e indique para alguém que precisa desse tratamento.

comecar terapia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *