4 dicas para combater pensamento suicidas

Muitas coisas podem colaborar para que uma pessoa tenha pensamentos suicidas, como a depressão, ansiedade, ou um estado de desesperança. Quando eles aparecem com frequência é hora que percebemos que precisamos buscar ajuda. Mas existe uma maneira de combatê-los? Nessa matéria vamos mostrar que podemos tomar algumas atitudes para que eles não sejam recorrentes. 

Os pensamentos suicidas podem aparecer por diversos motivos, mas geralmente a infelicidade tem origem quando vivemos um período ruim, seja ele um período de luto, incertezas, demissão, problemas psicológicos e etc..   

Nesses momentos de dificuldade é muito fácil nos deixarmos levar por pensamentos negativos e, conforme o tempo passa e não conseguimos resolver o problema, eles podem se tornar recorrentes. 

Nesse momento alguns problemas podem se desenvolver, como baixa autoestima, preocupação, ansiedade, abrindo caminho para pensamentos que podem acabar se tornando suicidas. 

Não é possível fazer momentos difíceis deixarem de acontecer, mas é possível mudar nossas atitudes diante deles, principalmente quando conseguimos identificá-los. Quando isso acontece podemos:

Admitir o problema

A primeira coisa para conseguir ajuda é admitir que você tem um problema e que seus pensamentos são reflexo deles. Esses problemas não são frescura ou loucura, são passíveis de tratamento e negá-los só irá piorar a situação. 

Não tenha vergonha 

Compartilhar sua situação poderá te ajudar a sair dela, por isso, não tenha medo de comentar o que sente ou o que está passando para pessoas próximas. Essa etapa da vida é comum e muitas pessoas passam por ela, algumas dessas pessoas, inclusive, podem te indicar um caminho. 

Cultive bons hábitos

Nesses períodos levantar da cama pode ser muito difícil, mas coisas pequenas podem fazer uma grande diferença e cultivar bons hábitos podem te ajudar a abrir a mente para outras coisas.

  • Faça exercícios;
  • Saia de casa;
  • Tente fazer atividades que você goste;
  • Escreva suas conquistas e etc.. 

Procure ajuda profissional 

Sozinhos podemos fazer a descoberta, mas para saber o que realmente está acontecendo precisamos de ajuda profissional. Hoje em dia existem várias opções de terapia, inclusive online, por isso, não espere! Se você tiver pensamentos suicidas procure um profissional com urgência. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui