Insônia: sintomas e tratamentos

A falta de qualidade do sono tem influência direta no rendimento do indivíduo. A insônia é um dos distúrbios mais conhecidos relacionados a isso, se caracterizando pela dificuldade de iniciar ou manter o sono.

Dormir mal também afeta as atividades do dia a dia e podem ser sinal de algumas doenças, como a depressão e ansiedade. Nessa matéria vamos explicar os sintomas e tratamentos para a insônia. 

O que é?

A insônia é um distúrbio do sono que afeta uma grande parte da população e pode estar associada a diversas doenças, como ansiedade, depressão, estresse, ambientes inadequados e etc. 

Ela pode ser passageira, geralmente relacionada a alguns acontecimentos recentes, ou pode ser crônica, com sintomas que aparecem de forma periódica por mais de três meses. Por tanto, podemos dividir a insônia em dois grupos:

  • Primária: Quando não está relacionada a nenhuma doença.
  • Secundária: Quando a insônia é sintoma de alguma doença.

Causas da insônia

Existem muitas causas para a insônia, ela pode ser resultado de distúrbios de humor, ansiedade, depressão, estresse, ingestão de medicamentos e outras substâncias, problemas respiratórios, entre outros.

Existem alguns grupos que estão mais suscetíveis a ter insônia de maneira regular, são eles:

  • Pessoas sob constante pressão e estresse;
  • Pessoas com mais de 60 anos;
  • Mulheres, por questão das mudanças hormonais;
  • Grávidas;
  • Pessoas com doenças clínicas ou psiquiátricas;

Sintomas

A maioria das queixas dos que sofrem de insônia está associada aos impactos negativos na qualidade de vida e alteração da rotina por conta do cansaço. Apresentar fadiga, esgotamento, dificuldade de concentração, podem ser sintomas relacionados a esse distúrbio. 

O cansaço geralmente faz com que o indivíduo se sinta indisposto e com pouca energia, piorando seu desempenho no trabalho, nos estudos e em qualquer outro âmbito de esforços cognitivos. 

Tratamento

É importante detectar as causas da insônia para que o tratamento seja eficaz, por isso, como qualquer outra doença, ela deve ser tratada de forma específica e individual.

Quando está na fase primária alguns hábitos podem ajudar a melhorar a qualidade do sono, como:

  • Estabelecer horários para dormir e acordar;
  • Evitar o uso de aparelhos eletrônicos antes de dormir;
  • Evitar cafeína, bebidas alcoólicas e nicotina antes de dormir;
  • Se alimentar de forma leve a noite;
  • Fazer exercícios durante o dia e etc..

Se detectada em fase secundária, algumas medidas podem ser propostas por seu médico, como a utilização de medicamentos e a realização de psicoterapia. Se você já foi diagnosticado com alguma doença psicológica, também é necessário estar em tratamento com um psiquiatra ou psicólogo. 

De qualquer maneira, a insônia é uma doença que deve ser tratada e investigada, caso seja recorrente. Como já dito antes, ela pode indicar doenças mais graves, que se descobertas inicialmente podem ser tratadas de forma mais fácil. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui