Hipocondria: sintomas, tratamentos e causas

Dentre as condições que envolvem o fator de medo excessivo, a Hipocondria também se encaixa nessa categoria. As pessoas que possuem a condição, sentem um temor em relação à alguma doença que pode comprometer sua saúde.

Contudo, esse pavor não é realista já que o indivíduo ainda não foi diagnosticado. Mesmo assim, ele pensa que está com algum sintoma quando na verdade não tem. Dessa forma, a pessoa tende a ficar ansiosa com a possível doença, apesar de nenhuma evidência médica comprovar essa situação.

Nesse quadro, o hipocondríaco acredita que qualquer predisposição pode evidenciar um problema terrível. Um exemplo simples é quando ele sente uma dor de cabeça e já a associa como um tumor no cérebro.

Possíveis causas da Hipocondria

A explicação para o desenvolvimento da Hipocondria ainda é incerta. Mas acredita-se que, dentro do que é discutido no meio médico e científico, essa preocupação excessiva possa estar ligada ao tipo de personalidade, questões hereditárias e experiência de vida de cada um.

Além disso, o distúrbio consegue atingir igualmente o público feminino e masculino. Contudo, é normal notar os primeiros sinais dessa condição já na vida adulta. Mas isso não é uma regra porque indivíduos de qualquer idade têm o potencial de desenvolver a Hipocondria.

Independente disso, alguns elementos podem aumentar a chance de você desenvolver o problema. Veja quais são e verifique se você se encaixa em alguns desses:

  • Histórico de uma doença séria na infância;
  • Ter convivido com portadores de uma doença séria;
  • Morte de um familiar;
  • Familiares próximos hipocondríacos;
  • Pais negligentes ou abusivos;
  • Transtorno de ansiedade;
  • Acreditar que boa saúde significa estar livre de quaisquer sintomas;
  • Familiares próximos hipocondríacos.

Como tratar da melhor forma?

Se você se preocupa com a sua saúde e bem-estar, não há problema nenhum nisso. Realmente é fundamental ter esse alerta para que não surja nada que atrapalhe seu dia a dia. Também é normal ficar ansioso, quando existe um sintoma cuja causa o médico não consegue identificar claramente.

A dificuldade começa apenas quando a ideia de ter uma doença séria te consome, sem nem ter feito os exames periódicos para comprovar essa teoria. O ideal é se consultar com um médico adequado, para garantir que o medo pelo o que você sente não é real.

Vale aqui, buscar o apoio e orientação de um psiquiatra ou psicólogo. Você vai notar que com a ajuda indicada, esse problema pode ser tratado e curado. É comum também que alguém de sua família peça para que você se consulte e resolva esse temor.

Invista no tratamento terapêutico

Você sabia que a psicoterapia é uma das metodologias mais utilizadas para o tratamento da Hipocondria? Essa abordagem permite que o paciente reconheça as causas de seu comportamento ansioso. Além de entender algumas formas de controlar e até mesmo parar esse problema.

Invista numa terapia online e tenha à disposição o tratamento, independente de onde estiver e a hora que achar melhor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui