Quando utilizar o antidepressivo venlafaxina

A Venlafaxina é um antidepressivo utilizado para tratar a depressão e outras síndromes depressivas, atuando como inibidora seletiva da recaptação neuronal de serotonina e noradrenalina. Mas você sabe quais são seus reais efeitos? Nessa matéria vamos mostrar como ele age no organismo, seus efeitos colaterais e indicações. 

Para que serve?

Medicamentos como a Venlafaxina aumentam a disponibilidade dos neurotransmissores no cérebro, aumentando a sensação de bem-estar nos indivíduos que fazem seu uso. Esse tipo de remédio só deve ser vendido sob prescrição médica e sua dosagem também deve ser estipulada por um profissional.

Ele é indicado para o tratamento de depressão e algumas síndromes depressivas, como:

  • Ansiedade;
  • Ansiedade Generalizada (TAG);
  • Síndrome do pânico;
  • Fobia social;
  • Depressão. 

Contraindicações

Nem todos podem tomar esse medicamento, por isso é tão importante só fazer uso dele com auxílio especializado. Se você se enquadra em alguma descrição a seguir, não deixe de informar seu médico. 

  • Está grávida ou é lactante;
  • Sofre de cirrose;
  • Histórico de convulsões; 
  • Tomou antidepressivo do tipo IMAO; 
  • Doença Cardíaca e etc..

No geral se você possui alguma doença grave ou passou pelo tratamento de alguma doença no último período seu médico deve estar ciente para conseguir dosar o remédio de maneira segura. 

Efeitos colaterais

Como a maioria dos medicamentos o Venlafaxina também pode apresentar alguns efeitos colaterais para o paciente. Lembrando que em alguns casos algumas sensações são apenas de adaptação, ou seja, aparecem durante os primeiros dias mas após alguns dias somem. 

Os efeitos colaterais permanecem durante algumas semanas e podem causar sérios problemas em alguns casos, por isso, se você identificar algum deles fale imediatamente com seu médico. 

Os principais efeitos colaterais são:

  • Náuseas;
  • Tontura;
  • Dor de cabeça; 
  • Suor excessivo; 
  • Insônia. 

Em alguns casos mais graves eles podem se apresentar como: 

  • Sonhos anormais;
  • Diminuição da libido;
  • Fadiga;
  • Diarreia;
  • Vômito; 
  • Taquicardia;
  • Tremor; 
  • Agitação e etc..

A interrupção desse medicamento não deve ser feito de forma abrupta e muito menos sem consultar um especialista, pois ele deve ser descontinuado de forma progressiva. Quem faz o uso da venlafaxina também deve evitar o consumo de álcool e outros medicamentos. 

Antidepressivos podem ser muito benéficos, mas se não utilizados da maneira correta podem apresentar um grande risco para a saúde. Procure um médico e não faça o uso de medicamentos controlados sem a prescrição e indicação desse profissional. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui