Conheça os sinais de depressão pós-parto

Muitas mulheres após terem um bebê passam por um período de imensa tristeza, que pode ocorrer depois de uma semana ou até mesmo de um ano do nascimento do filho. Esse problema é mais comum do que muitos imaginam e se chama depressão pós-parto.

Essa condição faz com que a pessoa ao invés de sentir uma imensa felicidade por acabar de acompanhar o nascimento do filho, não tenha forças para realizar o papel materno e também provoca sensações de tristeza, dúvida e medo para a mulher que acabou de se tornar mãe.

Você conhece alguém que se tornou mãe recentemente e está passando por essa situação? Conheça os sinais da depressão pós-parto e descubra se essa pessoa se encontra nessa condição.

O que é depressão pós-parto

A depressão pós-parto ocorre quando a mulher que se tornou mãe recentemente tem pensamentos e sentimentos negativos que a faz ficar para baixo, o que muitas vezes provoca sensação de culpa. Esse problema pode ocorrer nas primeiras semanas após o nascimento do bebê ou até mesmo depois de um ano.

Esse distúrbio acomete pelo menos 1 em 7 mulheres e, por isso, é bastante comum, por mais que não seja devidamente falado. Nesses casos, o ideal é procurar um psicólogo para que ele faça o diagnóstico e passe o tratamento para o paciente, que normalmente envolve acompanhamento terapêutico.

É importante não confundir depressão com ansiedade e sensações de estresse após o parto, pois isso é normal de acontecer, já que muitas vezes o nascimento de um filho é algo novo para mulher, o que acaba provocando nervosismo. A depressão pós-parto é algo muito sério e ocorre quando a mulher não consegue realizar as suas tarefas como mãe.

Sintomas da depressão pós-parto

São diversos os sintomas que as mulheres possuem quando se encontram em uma situação de depressão pós-parto. Os sinais de que a mulher está com DPP são:

  • Sentir irritabilidade a todo instante, sem motivos maiores;
  • Perder o apetite;
  • Não conseguir ter momentos de sono profundo;
  • Pouca energia para realizar as atividades diárias;
  • Pouco interesse em fazer as coisas que gosta;
  • Sensação de tristeza;
  • Mudança de humor constante;
  • Dificuldade em desempenhar o papel de mãe e criar laços com a criança.

Como lidar com a depressão pós-parto?

Existem diversas formas de lidar com a depressão pós-parto e a principal delas é através do tratamento terapêutico. Muitas mulheres não conseguem sair de casa nesse período e uma excelente opção é fazer terapia online. Além da terapia, recomendamos que a mulher também siga as seguintes dicas:

  • Tenha um estilo de vida saudável;
  • Divida as tarefas com outras pessoas que possam te ajudar;
  • Tenha tempo para cuidar de si;
  • Converse com as pessoas ao seu redor e compartilhe os seus sentimentos atuais.

Assim é possível que esse período passe de uma forma menos dolorida e a mãe consiga se reconectar com o seu filho de forma bastante eficaz. Portanto, se você conhece alguém que está passando por uma situação parecida, ajude-a e faça recomendações em relação à terapia.

comecar terapia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *