O segredo da felicidade: Invista nos bons relacionamentos

Bons relacionamentos trazem felicidade e saúde

Passar mais tempo com pessoas próximas que te deixam feliz, investir nos bons relacionamentos que tem, faz com que você tenha uma vida mais saudável e mais feliz, revelou um estudo de Harvard, através de pesquisas feitas durante 75 anos (1939-2014).

O estudo mapeou o bem-estar físico e emocional de 268 homens, graduados em Harvard e de 456 homens pobres, que cresceram em Boston.

Várias gerações de pesquisadores analisaram exames cerebrais, amostras de sangue, pesquisas auto-relatadas e interações desses homens para compilar suas descobertas.

E a conclusão é simples: Relacionamentos mais próximos, podem fazer ou quebrar o bem-estar de uma pessoa, de acordo com Robert Waldinger, professor de psicologia de Harvard e diretor do centro, atrás do estudo.

“A mensagem mais clara que recebemos deste estudo de 75 anos é a seguinte: os bons relacionamentos nos mantêm mais felizes e saudáveis.”, diz Waldinger na apresentação do Tedx em 2015.

Então se você quer ser mais feliz e saudável, invista nas pessoas que estão próximas de você e que sejam relações positivas e alegres.

Ter alguém para se apoiar, continua a manter a função cerebral alta e reduz a dor emocional, e até mesmo física.

As pessoas que se sentem solitárias são mais propensas a sofrer declínios de saúde no início da vida e tendem a morrer mais cedo, diz o estudo.

“A BOA VIDA É CONSTRUÍDA COM BONS RELACIONAMENTOS”.

Se você não tem um número grande de amigos ou não tem um parceiro, não se preocupe. Uma pessoa só precisa de alguns poucos relacionamentos mais próximos para ser feliz.

“Não é apenas o número de amigos que você tem”, diz Waldinger, “e não é se você está ou não comprometido (namoro, casamento, etc…). É a qualidade de seus relacionamentos íntimos que importam”.

Aplicar as descobertas do estudo para sua própria vida é mais fácil do que você pensa.

Esse estudo é um lembrete para descobrir mais tempo para se conectar com pessoas que você gosta de estar ao redor, com certeza.

Mas ao contrário de ter um novo emprego ou comprar um carro novo, você não vê alterações no seu humor do dia para a noite.

“Os relacionamentos são bagunçados e são complicados”, diz Waldinger. Os investimentos neles podem levar tempo, é preciso paciência.

Então, agora que já sabe o que pode deixar a sua vida mais feliz, invista nas suas boas relações. Mande mensagem para aquele amigo querido, marque um encontro.

Vamos ser feliz!

 

Equipe FalaFreud

 

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.

Sexo como libertação emocional

Sexo e Libertação emocional

O sexo é algo importante para nossa saúde física e mental, mas tudo o que sabemos sobre isso é muito proibitivo. Estamos vivendo uma época de alienação sexual.

Este assunto  foi colocado como tabu e cheio de regras, pela nossa sociedade durante muito tempo.

Sempre ouvimos que não podemos desfrutá-lo como queremos e isso ficou marcado no inconsciente das pessoas.

Algumas vêem o sexo como algo “divertido” mas ao mesmo tempo, tem um lado delas que vê o sexo como algo “ruim“, “errado”, o que gera a culpa.

É compreensível viver esse conflito quando refletimos sobre a educação que recebemos até recentemente, em relação à sexualidade ou às crenças religiosas.  O cérebro se confunde quando pensa no que é certo e o no que é errado.

Porém, o sexo quando usado de forma positiva desperta uma libertação emocional. Saímos de nossas amarras e crenças proibitivas para viver algo com prazer e que traz muitos benefícios à saúde.

É natural ter um relacionamento íntimo com você mesmo, como também com um namorado, uma esposa, um companheiro, etc…

Liberamos com o sexo uma energia libidinal que revitaliza. Porém, algumas pessoas evitam ter relações sexuais porque vêem isso como algo negativo e errado.

Esses bloqueios são mentais, não físicos. É necessário se libertar emocionalmente de certos padrões antigos para usar os benefícios do sexo a seu favor.

O sexo quando feito com equilíbrio, respeito e responsabilidade libera uma energia vital que deve ser canalizada e desfrutada.

Se você sente medo do sexo ou alguma vez depois do sexo se sentiu mal, sua mente está ligada a crenças antigas que limitam o conhecimento do seu próprio corpo e bloqueiam seu prazer.

Como se libertar desse conflito?

Para se libertar, a primeira coisa é refletir sobre algumas questões. E para isso comece a fazer essas perguntas, para si mesmo:

  • Como você se sente fazendo sexo?
  • Como você acha que deveria se sentir?
  • O que faz com que você aja de determinada maneira?

Se nas respostas vierem coisas como: é errado, o que as pessoas vão pensar, me sinto culpado; É sinal de que precisa se libertar de crenças.

Direcione o olhar para si mesmo, para o que sente, para suas vontades e veja o que realmente te faz bem.

O sexo te liberta do estresse, melhora sua saúde física e libera endorfina que traz uma sensação de êxtase e alegria.  Não há nada de errado nisso, é um comportamento que existem em todos os seres vivos.

 

Dayane Fagundes

 

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.

Saúde mental no ambiente de trabalho.

saúde mental no ambiente de trabalho

Em pleno século XXI e ainda estamos discutindo a importância da saúde mental no ambiente de trabalho.

Independente da profissão, qualquer trabalho requer cuidado com a saúde mental.

Imagine você, sendo operado por um médico que está em um estado de estresse tão grande que não consegue se concentrar direito no que está fazendo.

Ou no faturista que está infeliz com o chefe e sobrecarregado de tal forma, que esquece de faturar uma nota e perde um cliente que gera muito dinheiro para a empresa.

Parece que cada vez mais temos deixado de lado, a principal ferramenta que nos dá motivação, que nos faz produzir ou sucumbir no trabalho,  que é a nossa saúde mental.

Temos nos preocupado com a alimentação, com os exercícios físicos e nos esquecido da mente.

Sem uma mente sã, não existe corpo saudável.

 

Recentemente, a programadora Madalyn Parker publicou em uma rede social, uma conversa entre ela e o diretor da empresa em que trabalha, onde ela dizia que ia se ausentar por 2 dias para cuidar da sua saúde mental.

A mensagem dizia: “Oi, pessoal. Eu vou tirar hoje e amanhã para me concentrar na minha saúde mental. Espero voltar na semana que vem renovada e 100%. Obrigada!”

Quando o diretor da companhia, Ben Congleton, recebeu o email,  disse a colaboradora:

“Oi, Madalyn. Eu só queria pessoalmente agradecer a você por enviar mensagens como essas a sua equipe. “Toda vez que você faz isso, eu me lembro da importância de usar o afastamento médico também para a saúde mental — acredito que essa não seja a prática padrão em todas as empresas. Você é um exemplo para todos nós, e nos ajuda a superar um estigma”.

Existem muitos estigmas a serem superados pela nossa sociedade, e se preocupar com a saúde mental é algo que deveria ser colocado em primeiro lugar na nossa lista.

Vamos fazer um paralelo com um jogador de futebol. Quando ele lesiona uma perna, precisa de um tempo para se recuperar.Um operador de máquina quando machuca a coluna tira um tempo para se curar.

Por que com o cérebro seria diferente?

Precisamos também de um tempo para equilibrar nossos pensamentos, para limpar a mente do estresse do dia-a-dia.

É preciso encontrar formas de fazer isso todos os dias, para que assim você não chegue ao ponto de precisar tirar uma licença médica.

A busca pelo autoconhecimento através de instrumentos como livros, cursos e terapia, tem cada vez mais sido considerada como uma necessidade. As pessoas podem entender melhor seus sentimentos, as situações do cotidiano, e começam a tomar decisões mais assertivas.

Muitas pessoas não têm tempo de ir à terapia, neste sentido o FalaFreud visa sanar essa lacuna levando a terapia até você.

Comece hoje a cuidar da sua saúde mental! Ninguém pode fazer isso por você!

 

Dayane Costa Fagundes
Terapeuta

 

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.

Como usar a informática a favor da sua saúde mental?

Informática, tecnologia na saúde mental

A informática traz maravilhas para nossas vidas. Claro que, como tudo que é bom, é preciso ter cautela e saber usá-la com equilíbrio.

Usar os meios de informática, de forma desestruturada pode prejudicar a saúde mental de qualquer pessoa.

Por isso deixaremos hoje dicas de como aproveitar a informática da melhor forma possível e usá-la a seu favor.

1 – Cuidado com o tempo que passa no computador, tv e celular.

O excesso de tecnologia, esgota o cérebro do mesmo modo como acontece com a

depressão e como acontece com o uso de algumas drogas, que dão muita empolgação para depois deprimir.

2 – Imagens e informações negativas podem afetar diretamente o seu humor e motivação.

Tente não acessar imagens negativas, de acidentes ou qualquer coisa, que façam acionar em você sentimentos negativos. E quando isso chegar até você, não compartilhe com ninguém, pois você estará fazendo mal às pessoas também.

3 – Organize o seu dia para acessar os conteúdos, nos horários que beneficiam sua saúde mental.

A hora de ver notícias e informações importantes pode ser no começo do dia. No final do dia tire um tempo apenas para ver algo bom e relaxar.

4 – Se desconecte de qualquer meio de informática pelo menos 2 horas antes de dormir.

Quanto mais tempo você passa em computador, tv ou celular, mais estará estimulando seu cérebro, que terá dificuldades em desacelerar e assim pode provocar insônia ou um sono agitado, que não será regenerador.

5 – Use a informática para o seu bem-estar.

Use a informática com sabedoria e ela poderá te ajudar a estruturar seu emocional acionando sentimentos de motivação, alegria e prazer que te levarão a ter mais saúde física e mental.

Você pode ver palestras motivacionais, filmes edificantes, aprender a meditar, e até fazer terapia online. Use seu tempo com a informática para se conhecer e aprimorar o seu eu.

 

Dayane Fagundes
Terapeuta

 

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.

Como a televisão pode influenciar suas emoções?

televisão pode causar problemas emocionais

Assistir televisão é um dos hobbies mais comuns que existe. Quem é que não gosta de ficar esparramado no sofá, vendo algo na Tv?

Mas é preciso ter atenção, pois ao mesmo tempo que ela pode ampliar nossa visão de mundo, também pode ser a causadora de vários problemas emocionais. Por isso devemos ser bem críticos no hora de escolher algo para assistir.

Tudo que vemos ou ouvimos, interfere no nosso modo de sentir. Portanto, as mensagens passadas na televisão, quando forem negativas, podem acionar em nós, sentimentos como a tristeza, a raiva e várias outras emoções negativas.

Quando escolhemos um programa que relata tragédias, drogas, situações traumáticas, dramas, traições, maldades, etc… Estamos acionando no nosso inconsciente, toda a dor e emoções que a história transmite.

Tanto que existem casos, de artistas que interpretam vilões e são agredidos (fisicamente ou verbalmente) por pessoas na rua. Claro, que esse é um caso extremo. Mas, fazendo uma analogia, tudo que vemos na televisão é sentido por nós. E o que você viu de manhã ecoa na sua mente por dias ou até meses.

Programas ou notícias sensacionalistas são um ótimo exemplo do que estamos falando. O foco desse tipo de programa, é mostrar tragédias, violência e enfatizar a dor do outro ser humano. O que não faz nada bem para o corpo e mente dos espectadores.

Se comover com a dor do outro é ser empático, humano. Mas ficar assistindo negatividade todos os dias na televisão, é acionar um esquema de sofrimento no cérebro que só trará prejuízos.Podendo se tornar uma pessoa que só fala de tragédia e coisas ruins; Além de começar a sentir tristeza e desânimos sem motivos aparente. E quando se der conta, as pessoas à sua volta começarão a falar que você só fala de tragédias e que se tornou uma pessoa negativa.

Ninguém gosta de ouvir noticias desagradáveis, pois afeta diretamente nossas emoções e saúde mental.

Portanto, a televisão é um meio de comunicação que nos conecta com muitas alegrias e informações valiosas, que agregam de forma positiva. Mas também podem trazer problemas emocionais.

Então antes de parar e assistir qualquer coisa na televisão, faça as seguintes perguntas:  Assistir esse programa vai ser bom pra mim? Vai me fazer bem?

Deixe entrar na sua casa apenas coisas boas. Faça um teste, veja programas bons e alegres, durante uma semana. Você terá assuntos bons, que levará o bem-estar até as pessoas. E assim a sua energia ficará melhor e as pessoas na sua casa também.

Conta pra gente como foi esse teste.

Equipe FalaFreud

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.

Dica para melhorar a sua vida aplicando o “Mindfulness” ao seu cotidiano.

consciencia Plena, Mindfulness ou atenção plena

O mindfulness ou atenção plena, é uma teoria que traz a nossa consciência para o momento presente e que nos faz enxergar o quanto estamos automatizando ações importantes do nosso dia a dia; E que com isso deixamos de sentir, de ter prazer em pequenas coisas que fazem toda a diferença na nossa motivação e felicidade.

Por isso hoje nesse post, vamos dar um exercício de mindfulness para você aplicar no seu dia a dia e aprender a saborear os pequenos prazeres da vida. Mas antes queremos que entenda o que está fazendo sem a menor consciência.

mindfulness
Ilustração: Fala Freud

 

A mente humana tem grande capacidade de adaptação e aprendizado. Por esse motivo estamos vivendo cada vez mais no piloto automático.

Acordamos, escovamos os dentes, tomamos café e vamos ao trabalho, sem ao menos perceber nenhuma dessas atividades. Por que isso acontece? Porque aquilo que fazemos várias vezes é automatizado pelo nosso sistema.

As primeiras vezes que passar a marcha em um carro, terá que prestar bastante atenção e provavelmente sentirá um pouco de dificuldade. Mas com o tempo, passar marcha se torna algo tão natural que será tido como automático pelo seu cérebro e você não precisará se esforçar para isso.

Outro exemplo, são os trajetos que fazemos no nosso dia a dia, que mal percebemos como chegamos ao destino ou quando temos que ir a outro lugar e de repente “acordamos” e percebemos que estamos no trajeto de sempre.

Quando entramos no piloto automático, temos uma tendência a não ter prazer nas nossas vivências. Os dias parecem iguais e quase nada te faz feliz.

Se você tem se sentido assim, vamos deixar aqui uma técnica de mindfulness, para começar a voltar a sua mente para seus 5 sentidos (visão, audição, paladar, olfato e tato). Se aprender a trabalhar com seus sentidos, verá a vida com uma lente colorida e não preto e branco.

 

atençao plena plena
Photocredit:Blogspot.com

 

Exercicio:

O exercício de hoje é bem simples; Ao tomar banho, observe que sua mente sempre está em algum lugar, menos naquilo que você está fazendo no momento, ou seja, no banho.

Você pensa no seu dia, no que aconteceu ou no que vai fazer daqui a pouco e não aproveita a sensação de ter a água com a temperatura que deseja caindo sobre seu corpo e te proporcionando bem-estar.

Portanto, preste atenção na água, na temperatura, na sensação boa que é poder ter esse momento para relaxar a tensão do dia, sem pensar nela. Pense apenas que essa água está limpando toda a negatividade e está fazendo muito bem ao seu corpo.

Para ajudar a se concentrar, use seus sentidos, direcione o olhar para o sabão, para seus movimentos ao encostar em si mesmo; Sinta como pode ser prazeroso e relaxante quando você direciona sua mente para isso.

Se o pensamento fugir, volte para o momento, pense em como é bom poder tomar um banho e se sentir relaxado (a). Neste momento mentalize apenas bons pensamentos, como o de que a água está levando todo o cansaço do seu dia, trazendo equilíbrio e cura.

 

Pequenas atividades do nosso dia-a-dia, podem ser trabalhadas para que percebamos o quanto estamos vivendo alienados de pequenos prazeres que a vida nos proporciona.

Esse exercício acima foi apenas um exemplo, de muitas atividades que realizamos no automático. Comemos sem perceber, trabalhamos sem prestar atenção, não conseguimos nem dormir direito por não aprender a desligar nossa mente do automático, a mente continua funcionando em ritmo acelerado à noite.

O tratamento direcionado para a atenção plena, pode ajudar muito no emagrecimento, na insônia, na ansiedade e em muitas outras questões. Ele busca equilibrar a mente e os pensamentos, organizando-os sem termos que sair do nosso cotidiano para isso.

 

Dayane Costa Fagundes

Terapeuta

 

 

FalaFreud é o melhor caminho para a terapia de forma fácil, acessível e conveniente para aqueles que procuram uma vida melhor. Você pode se conectar com um terapeuta do conforto e privacidade da sua casa usando o seu smartphone, baixe o nosso aplicativo em http://www.falafreud.com/ e converse hoje mesmo com um terapeuta.