Psicóloga Juliana Campos

Sou psicóloga, com especialização em Gestalt e MBA pela Fundação Getúlio Vargas.

Trabalho como psicóloga clínica atendendo adolescentes, adultos e idosos desde 2006.

Durante minha trajetória profissional tive a oportunidade de atuar em diferentes contextos como na área de recursos humanos, consultório particular, clinica de neuropsicologia e sexualidade humana e como oficial psicóloga da Marinha do Brasil. 

A base do meu trabalho é desenvolver a empatia e o vínculo com meu cliente o que contribui para o sucesso do processo terapêutico. Através da abordagem científica da Gestalt Terapia, Existencial-Fenomenológica, trabalho com o objetivo de ajudá-lo em seu processo de crescimento pessoal e autoconhecimento, buscando uma ampliação de sua consciência sobre seu próprio funcionamento o que contribui para que ele realize escolhas que atendam as suas reais necessidades.

Desta forma, é importante que ele assuma a responsabilidade diante de suas escolhas e pela construção de sua história para que ele possa realizar mudanças em si mesmo e em sua vida.

Quer fazer uma sessão comigo, acesse meu perfil em https://www.talkfreud.com/psicologo/juliana-campos

Gostou do conteúdo e quer ler mais sobre Dicas Para Saúde Mental?  Acesse o blog do FalaFreud e leia nosso conteúdo feito por nossos especialistas para você!

FALAFREUD

O FalaFreud tem a solução para a sua empresa. Através de um serviço de comunicação ágil, seguro e acessível, você pode proporcionar o benefício da terapia para os seus funcionários. Além de psicólogos licenciados e experientes, nossos profissionais contam com um horário flexível, como por exemplo de manhã cedo ou a noite, o que não afetará na carga horária de trabalho dos funcionários. 

Ejaculação precoce, como a terapia pode ajudar?

O relacionamento sexual é uma expressão humana que foi além do estritamente biológico, transformando-se em comportamentos que são exigidos nos relacionamentos interpessoais dentro de uma cultura. Assim, o comportamento sexual de controlar a ejaculação para que o casal envolvido na relação tenha prazer foi sendo desenvolvido na história humana. Desta forma, não fazemos sexo para ter filhos, mas para ter prazer e manter um relacionamento de casal.

Os comportamentos humanos para se viver em sociedade precisam ser aprendidos. O aprendizado se dá por ensinamentos a partir dos pais, da família e das outras instituições sociais (escola, religião, grupos de amigos, trabalho). Os primeiros aprendizados de como adultos se relacionam em termos de erotismo ocorrem por imitação de um modelo: os pais. Assim, aprendemos como homens e mulheres devem se aproximar um do outro para terem condições de produzir intimidades. Esse passo é muito importante, pois a criança precisa aprender modelos nos quais se sintam relaxadas e com sentimentos positivos, o que certamente facilitará a atividade sexual.

Quais as causas da ejaculação precoce?

A causa exata da ejaculação precoce ainda é desconhecida, mas os médicos acreditam que fatores psicológicos e biológicos estejam envolvidos nos motivos que levam à ocorrência desse problema.

Alguns fatores psicológicos que parecem estar envolvidos na ejaculação precoce são:

Já os fatores biológicos que podem ser relacionados ao problema são:

  • Níveis hormonais acima do normal
  • Níveis de neurotransmissores acima do normal
  • Atividade anormal do sistema ejaculatório
  • Distúrbios da tireoide
  • Inflamação ou infecção na próstata e na uretra
  • Fatores genéticos
  • Danos no sistema nervoso causados por experiências traumáticas ou cirurgias.

Como a terapia pode ajudar na ejaculação precoce?

A psicoterapia é uma forma de tratamento para se modificar as condições que trazem mal-estar a uma pessoa. Aplicada à sexualidade, e no caso à ejaculação precoce, a psicoterapia tem como objetivo permitir que este homem, neste casal, possa superar o problema da falta do controle sobre a ejaculação. A psicoterapia comportamental foca o problema, considerando o homem e o casal.

O tratamento da ejaculação precoce será mais fácil e mais rápido com a participação do casal nas sessões, como chamamos as consultas semanais de 50 minutos que acontecem nesse tratamento.

Modificar um comportamento pode levar tempo, e mais tempo precisaremos se o problema é mais antigo. Afinal, velhos hábitos não morrem tão facilmente…

No consultório o terapeuta conversará, perguntará como fazem as atividades sexuais e proporá, a cada semana, alterações da interação do casal para que modifiquem o comportamento sexual a fim de que esse homem desenvolva o controle sobre a ejaculação. Serão muitas semanas, vários meses de sessões semanais. Precisam ser semanais, pois com o aumento do tempo entre as sessões o tratamento demora mais tempo e dificulta a modificação dos comportamentos.

É possível, e muitas vezes necessário, que existam sessões individuais com o homem ou com a mulher. Assim, o psicoterapeuta poderá compreender os aspectos emocionais envolvidos nos comportamentos e no relacionamento conjugal.

Muitas das orientações que o psicoterapeuta fará em sessão podem ser encontradas em pesquisas na internet, porém existe um momento adequado para cada técnica ser usada. Fora do momento adequado, a técnica será frustrante e desacreditada pelo não funcionamento. Afinal, não aprendemos a escrever frases antes de escrever as palavras, e estas só aprendemos depois de muitos treinarmos os desenhos das letras. E assim será na psicoterapia para curar a ejaculação precoce.

Se você estiver precisando de ajuda e quiser falar com um dos nossos psicólogos, clique no botão abaixo e faça uma sessão hoje.


Como falar com um psicólogo online?

Ao contrário do que muitos pensam, a terapia não é apenas para lidar com transtornos mentais. Entenda a seguir porque todo mundo deveria fazer terapia

Você provavelmente se lembra de que, há alguns anos, fazer terapia era um grande tabu: a prática era considerada por muitos, “uma coisa para loucos”. Esse estigma impediu muitas pessoas de procurarem ajuda quando realmente precisavam.

Felizmente, hoje muitas pessoas pensam diferente e começam a entender como a terapia pode ajudar em suas vidas: seja como parte fundamental do tratamento de transtornos mentais, para aprender a lidar melhor com um acontecimento marcante ou simplesmente, para se conhecerem melhor.

Se você ainda não sabe muito bem como essa prática pode te ajudar, reunimos aqui alguns motivos do por que fazer terapia pode mudar a sua vida:

Fazer terapia incentiva você a sair da sua zona de conforto

Falar com amigos e família sobre os seus problemas é ótimo – e saudável. Mas talvez, os conselhos que eles estão te dando podem não ser os melhores para você nessa situação. Nesse momento, procurar um profissional vai te dar o distanciamento emocional necessário que você precisa para aprender a lidar com o seu problema da melhor forma possível.

Você recebe conselhos imparciais de um psicólogo

Falar com amigos e família sobre os seus problemas é ótimo – e saudável. Mas talvez, os conselhos que eles estão te dando podem não ser os melhores para você nessa situação. Nesse momento, procurar um profissional vai te dar o distanciamento emocional necessário que você precisa para aprender a lidar com o seu problema da melhor forma possível.

Fazer terapia melhor o seu bem-estar

Uma coisa é certa: nós sempre teremos dificuldades ao longo da vida, sejam relacionadas a relacionamentos, carreira ou conflitos internos.

Fazer terapia não vai eliminar os seus problemas, mas te dará ferramentas para lidar com eles de uma forma saudável e inteligente. Ao se conhecer melhor, você se sentirá mais confiante no seu dia-a-dia.

Você otimiza seu tempo

Se você vive atarefado e sente que precisa de mais horas no seu dia para dar conta de tudo o que tem para fazer, a terapia online pode ser uma solução para a sua vida. Isso porque, com sessões online você não precisa perder tempo do seu dia indo e voltando de um consultório terapêutico. o fato de não ter que se deslocar até o local da terapia pode poupar preciosos minutos ou até horas da sua rotina.

Quem tem uma agenda cheia sabe como pode ser difícil marcar uma consulta e conseguir conciliar seus horários pessoais com o do profissional. Porém, por ser online, fica muito mais fácil para o psicólogo conseguir te atender em horários flexíveis, como, por exemplo, de manhã bem cedo ou até tarde da noite – coisa que em um consultório é bem difícil isso acontecer.

Você está pronto para mudar de vida? Clique no botão abaixo e comece agora.

Quer saber mais sobre depressão, ansiedade e outros tópicos? Acesse nosso blog em https://www.falafreud.com/blog

Fazer terapia pode mudar sua vida; entenda por quê

Ao contrário do que muitos pensam, a terapia não é apenas para lidar com transtornos mentais. Entenda a seguir porque todo mundo deveria fazer terapia

Você provavelmente se lembra de que, há alguns anos, fazer terapia era um grande tabu: a prática era considerada por muitos, “uma coisa para loucos”. Esse estigma impediu muitas pessoas de procurarem ajuda quando realmente precisavam.

Felizmente, hoje muitas pessoas pensam diferente e começam a entender como a terapia pode ajudar em suas vidas: seja como parte fundamental do tratamento de transtornos mentais, para aprender a lidar melhor com um acontecimento marcante ou simplesmente, para se conhecerem melhor.

Se você ainda não sabe muito bem como essa prática pode te ajudar, reunimos aqui alguns motivos do por que fazer terapia pode mudar a sua vida:

Você recebe conselhos imparciais de um profissional

Falar com amigos e família sobre os seus problemas é ótimo – e saudável. Mas talvez, os conselhos que eles estão te dando podem não ser os melhores para você nessa situação. Nesse momento, procurar um profissional vai te dar o distanciamento emocional necessário que você precisa para aprender a lidar com o seu problema da melhor forma possível.

Fazer terapia incentiva você a sair da sua zona de conforto

Nós sempre temos alguma dificuldade que não sabemos como lidar e, por isso, fingimos que não existe e acabamos adiando a resolução do problema. Imagine que você tenha problemas em fazer amigos, falar em público ou uma compulsão como comida, álcool ou gastar dinheiro. A terapia pode te ajudar a entender o que está por trás dessa dificuldade e quais passos você deve dar para superá-la.

Você entende melhor suas emoções e aprende a lidar com elas

Nós nem sempre sabemos exatamente o que estamos sentindo e por que estamos nos sentindo desse jeito. A terapia, portanto, vai te ajudar a analisar seus medos, desejos, frustrações e outros sentimentos não trabalhados. Assim, você terá as ferramentas para lidar com sentimentos de forma mais saudável.

Você pode descobrir dificuldades que não sabia que tinha

Vamos supor que você procurou um psicólogo por conta de um problema bem específico na sua vida. Ao fazer terapia, é bem provável que você encontre dificuldades que nem imaginava que existiam: como um transtorno de ansiedade ou uma dificuldade de aceitar críticas, por exemplo. Mesmo que não sejam problemas graves, trabalhá-los na terapia vai aumentar o seu bem-estar e qualidade de vida.

Você vai se conhecer melhor e crescer como pessoa

Mais do que ensinar a resolver um problema na sua vida, a terapia vai mudar a sua percepção sobre si mesmo e sobre as outras pessoas.

Sendo assim, ao entender os seus comportamentos, você perceberá quais deles são benéficos e quais são prejudiciais. Assim, você poderá mudar  atitudes no seu dia-a-dia, e melhorar a sua relação consigo mesmo e com os outros.

A terapia também vai te ajudar muito caso você tenha problemas de autoestima. Por meio de alguns exercícios, você vai aprender a tratar a si mesmo com mais cuidado, carinho e compaixão. Um psicólogo pode ajudar você a perceber e valorizar as suas qualidades e diminuir comportamentos que te prejudicam.

O processo terapêutico pode te dar todas as ferramentas que você precisa para melhorar sua vida em vários aspectos.

Ele vai melhorar suas habilidades de se comunicar, lidar com seus sentimentos, resolver problemas do dia-a-dia, etc. Essas habilidades são essenciais para você crescer como pessoa e alcançar seus objetivos pessoais e profissionais.

Fazer terapia melhora o seu bem-estar

Uma coisa é certa: nós sempre teremos dificuldades ao longo da vida, sejam relacionadas a relacionamentos, carreira ou conflitos internos.

Fazer terapia não vai eliminar os seus problemas, mas te dará ferramentas para lidar com eles de uma forma saudável e inteligente. Ao se conhecer melhor, você se sentirá mais confiante no seu dia-a-dia.

Você pode escolher qual tipo de terapia é o certo para você

Quem nunca fez terapia pode ter algumas ideias equivocadas de como realmente funciona o processo terapêutico. Por exemplo, muitas pessoas acreditam que na terapia você precisa deitar em um divã, enquanto o psicólogo te incentivará a encontrar traumas de infância para explicar as dificuldades que você está tendo agora.

Ao longo dos anos, o fazer terapia evoluiu muito. Hoje há inúmeras linhas terapêuticas, que abrangem os mais diversos objetivos. Assim, é possível escolher qual o tipo de terapia que funciona melhor para você.  Se você tem a rotina agitada, pode experimental a terapia online.

No ​FalaFreud, você pode conversar com um psicólogo com todo o conforto e a segurança de estar dentro de casa. Conheça nossos profissionais!

Clique no botão abaixo para baixar o aplicativo e começar sua terapia hoje mesmo!

 

 

Ganhe R$20,00 em créditos para convidar amigos para o FalaFreud.

Que tal ganhar créditos para convidar seus amigos para fazer terapia?

A partir de agora você pode ganhar R$20,00 para cada amigo que você convidar para utilizar o FalaFreud, ou seja, para cada 10 amigos convidados você ganha um mês grátis. O processo é muito simples, basta você atualizar seu aplicativo para versão mais recente na AppStore ou PlayStore e seguir o tutorial abaixo.

  1. Você precisa atualizar seu aplicativo para versão 5.2.5 ou versão posterior na AppStore ou PlayStore
  2. Crie uma conta ou logue com a conta que você já tenha criado no passado
  3. Vá no menu configurações 
  4. Clique em “Recomende o FalaFreud”
  5. Selecione como você quer compartilhar o FalaFreud… você pode enviar o link para os seus amigos pelo Facebook, WhatsApp, Facebook Messenger ou copiar o link e enviar onde e como você quiser

Você e seu amigo receberão R$20,00 de desconto na assinatura, você pode convidar quantos amigos quiser e potencialmente usar o FalaFreud de graça… tudo que você precisa fazer é convidar 10 amigos todo mês. Os créditos podem ser usados como desconto na assinatura mensal ou na compra de sessões de vídeo.

Teste de depressão: é tristeza ou depressão?

De uma maneira geral, os sintomas de depressão se confundem bastante com sintomas de outras doenças. E saber qual a diferença entre um quadro de tristeza e um caso real de depressão não é a tarefa mais simples do mundo. E verdadeira depressão difere da tristeza em dois pontos-chave, veja no Blog do FalaFreud.

Confira o teste de depressão preparado por nossos especialistas e veja se você sofre com o transtorno.

De uma maneira geral, os sintomas de depressão se confundem bastante com sintomas de outras doenças. Por isso, saber qual a diferença entre um quadro de tristeza, por exemplo, e um caso real de depressão não é a tarefa mais simples do mundo. Faça o teste de depressão e veja se você tem os sintomas do transtorno.

Este é um teste de depressão online, preparado por especialistas da área de saúde, que analisa se os sintomas mais comuns do transtorno estão presentes.

Porém, atenção: Independente do resultado do teste de depressão, é  fundamental procurar ajuda de um especialista para fechar um diagnóstico.

Clique no botão abaixo para iniciar o teste de depressão

Continue lendo “Teste de depressão: é tristeza ou depressão?”

A terapia online no FalaFreud é confiável ?

O FalaFreud foi lançado oficialmente em 20 de outubro de 2016, até então nenhuma empresa ou startup havia atingido uma quantidade expressiva de pessoas em busca de fazer terapia online no Brasil, em 2016 esse conceito ainda era pouco explorado pelos profissionais de psicologia no Brasil.

Lançado oficialmente no dia 20 de outubro de 2016, o FalaFreud trouxe uma enorme inovação ao conceito de terapia online.

Até então, não havia no Brasil nenhuma startup ou empresa que tivesse atingido um número tão expressivo de usuários fazendo terapia online, mostrando uma necessidade pouco explorada pelos profissionais de Psicologia até aquele momento.

No dia 7 de novembro de 2016, a Revista Exame publicou em seu site uma matéria sobre o FalaFreud (Confira a matéria na íntegra), mostrando aos brasileiros que agora seria possível conversar com um psicólogo através do aplicativo, de forma muito mais prática e acessível, sem precisar sair de casa para fazer terapia. Continue lendo “A terapia online no FalaFreud é confiável ?”

Como ’13 Reasons Why’ nos alerta das metáforas do desespero adolescente

“Oi, é a Hannah. Hannah Baker.” Assim começam as últimas palavras da protagonista de 13 Reasons Why, produção original da Netflix que estreou na última sexta-feira (31). Leia no Blog do FalaFred sobre coisas que podem apontar novos caminhos diante do sofrimento insuportável, porém, reversível do suicídio.

“Oi, é a Hannah. Hannah Baker.”

Assim começam as últimas palavras da protagonista de 13 Reasons Why, produção original da Netflix que estreou na última sexta-feira (31).

Nó na garganta para uns, ameaça para outros, a desconfortável despedida de Hannah é um convite urgente da série para pensarmos os efeitos das palavras na vivência adolescente em um contexto de emoções subestimadas.

A gravação, deixada em analógicas fitas K7, lista os 13 motivos pelos quais Hannah, de 17 anos, decidiu terminar seu sofrimento com um suicídio. Cada motivo corresponde a um episódio. Continue lendo “Como ’13 Reasons Why’ nos alerta das metáforas do desespero adolescente”

Por que celebridades do pop internacional têm decidido falar abertamente de sua saúde mental?

A lista de celebridades que revelaram sofrer de depressão e ansiedade aumentou consideravelmente nos últimos meses: atores, músicos e modelos decidiram falar publicamente sobre saúde mental, um assunto que poucos tocavam.

Um dos exemplos mais recentes foi o de Zayin Malik, 23 anos, ex-integrante do grupo One Direction, que cancelou uma série de shows alegando “ansiedade extrema”.

A cantora Selena Gómez anunciou uma pausa na carreira também em setembro devido a crises de depressão e ansiedade e chegou até a se internar voluntariamente.

Bruce Springsteen escreveu em sua biografia lançada em setembro, Born to Run, sobre como luta há anos com a depressão. O músico americano chegou até a admitir que a doença o “subjugou” em algumas ocasiões. Continue lendo “Por que celebridades do pop internacional têm decidido falar abertamente de sua saúde mental?”

Como cão salvou da depressão única sobrevivente de desastre aéreo

Para ela, o cachorro simbolizou um renascimento, uma nova fase do ciclo da vida: “Ele nasceu pequenino e eu tinha acabado de renascer, depois de algo horrível que tinha acontecido comigo”. Clique e saiba mais no Blog do FalaFreud !

Silvia Viruega é uma respeitada veterinária que chefiou o canil da Polícia Federal mexicana e hoje comanda um hospital público para animais na Cidade do México.

Mas sua trajetória de sucesso teve um grande obstáculo no meio do caminho, um evento traumático da qual só conseguiu se recuperar com uma ajuda externa inusitada.

Em entrevista ao programa Outlook da BBC, ela contou essa história. O evento traumático foi um acidente de avião, do qual foi a única sobrevivente.

Continue lendo “Como cão salvou da depressão única sobrevivente de desastre aéreo”